por 17:25 Chico Brasileiro, Destaques, Foz do Iguaçu

Chico Brasileiro recebe o Prêmio Gestor Público Paraná

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro (PSD) conquistou o prêmio de gestor público na categoria “projeto de alto nível” com a certificação de responsabilidade sanitária, desenvolvida pela Secretaria de Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos. A solenidade de premiação foi nesta quinta-feira, 10, em sessão virtual na Câmara de Vereadores de Curitiba. Por causa da pandemia do coronavírus, o certificado de premiação será entregue a Chico Brasileiro em data oportuna.

O Prêmio Gestor Público Paraná está na sua oitava edição e é promovido pelo  do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Paraná com apoio do Tribunal de Contas do Estado e Assembleia Legislativa, entre outros órgãos e entidades.

Foz do Iguaçu, que inscreveu quatro projetos, está entre as 36 cidades premiadas neste ano. “A certificação é um passo importante para a retomada segura e rápida do turismo na cidade. As empresas adotaram a responsabilidade sanitária e saímos na frente retomando o turismo”, disse Chico Brasileiro.

“Os atrativos turísticos, os meios de hospedagem e gastronômicos e toda a cadeia de serviços do turismo estão preparados para oferecer maior segurança aos visitantes. Os protocolos desenvolvidos são o cartão de boas-vindas aos turistas, proporcionando segurança a toda família”, completou.

Certificação – O secretário da pasta, Lourenço Kuerten, reitera que com a pandemia, a cidade deixou de receber muitos turistas. Para a retomada da economia foram reunidos poder público, empresários e profissionais da saúde para organizar de forma segura este retorno turístico, criando regulamentação específica e adequação dos estabelecimentos.

“Desenvolvemos, junto a Vigilância Sanitária da cidade, um protocolo de ações e adequações que deverm ser adotadas pelas empresas do trade turístico. Para obter a certificação, os estabelecimentos passaram por um rigoroso processo de visitações e auditorias, coordenadas pelas entidades envolvidas no projeto”, explicou Kuerten.

As três equipes, de consultores do Sebrae e servidores municipais, fazem a checagem in loco dos protocolos. As visitas são documentadas em um sistema que comprova as evidências de cumprimento das medidas, fatores essenciais para atestar a segurança e a qualidade do turismo de Foz do Iguaçu.

Até dezembro foram atendidas aproximadamente 250 empresas ligadas ao turismo nas áreas de atrações turísticas, hospedagens, agências de viagens, transporte, gastronomia e empresas de eventos.

A certificação faz parte da série de ações adotadas pelo programa Acelera Foz, cuja coordenação estratégica é formada pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, prefeitura, Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu, Sebrae, Programa Oeste Desenvolvimento, Acifi e Comtur.

Fechar