Escrito por 17:30 Chico Brasileiro, Destaques

Chico Brasileiro reafirma atenção especial ao bem estar do iguaçuense

Compartilhe

O prefeito Chico Brasileiro (PSD) reiterou nesta quarta-feira, 14, que vai continuar cuidando dos iguaçuenses sem o chamado clientelismo e o interesse eleitoreiro.

“Tenho consciência de que devemos melhorar a cidade para o bem estar da população. Essa é a minha compreensão como gestor e é isso que tenho colocado em prática. Em especial neste momento em que sofremos com os rebatimentos da pandemia mundial da covid-19”.

Em 2017, o governo de Chico Brasileiro iniciou a reestruturação das políticas públicas que atendem os segmentos mais vulneráveis da população. Proporcionando a todas as pessoas o direito de acessar os equipamentos, programas e serviços públicos da cidade.

Além de voltar a atender a população iguaçuense com dignidade, a principal conquista das políticas de assistência social de Foz do Iguaçu está no resgate da credibilidade junto aos órgãos federais e estaduais, recuperando recursos e convênios desperdiçados e agora aplicados em benefício de quem mais necessita.

Ampliação – A Secretaria de Assistência Social foi totalmente reestruturada com a contratação de novos profissionais. “Graças à recuperação do crédito, a nossa cidade está oferecendo uma atenção bem maior as famílias. Com esse saldo positivo iremos ampliar e muito o atendimento à população, cuidaremos para que todos tenham o alimento em suas mesas e vamos continuar trabalhando para gerar mais empregos para as famílias iguaçuenses”.

Chico Brasileiro destaca que muito foi feito nos últimos três anos e citou uma atenção especial que está sendo direcionada para a inserção de adolescentes no mercado do trabalho pela aprendizagem, a implementação do Programa “Moradia Primeiro” para atendimento da população em situação de rua e a ampliação da capacidade de atendimentos dos serviços prestados pela assistência social.

“A proteção social é de extrema necessidade, é um direito fundamental para o exercício de outros direitos, como os de saúde, de educação, de moradia até mesmo direito ao emprego. Tem o papel-chave de atuar na redução da pobreza e da desigualdade”, afirma.

O prefeito reforça que para consolidar os programas de bem estar, entre outras propostas, vai ampliar a capacidade instalada de atendimento nos CRAS, CREAS, ampliar também a estratégia dos serviços de convivência, o serviço de proteção social básica no domicílio para pessoas com deficiência e idosos, as ações de incentivo à inserção dos adolescentes no mundo do trabalho pela aprendizagem e criar a lei de benefícios que ampare as famílias mais vulneráveis economicamente.

Close