Escrito por 16:40 Brasil

Cerca de 50 mil manifestantes protestoam próximo ao Mineirão

Compartilhe

Cerca de 50 mil pessoas participam das manifestações em Belo Horizonte, segundo a Polícia Militar de Minas Gerais. A maioria do grupo segue, em clima pacífico, pela Avenida Antônio Carlos, em direção ao Mineirão, estádio onde a seleção brasileira de futebol está enfrentando o Uruguai pela semifinal da Copa das Confederações. A passeata foi iniciada na Praça Sete e imediações, de onde saíram aproximadamente 15 mil pessoas e o número de participantes foi aumentando.

Organizados, principalmente, por meio das redes sociais, os manifestantes utilizam cartazes e faixas para protestarem contra os gastos relativos à Copa, a corrupção e para cobrar mais transparência na administração pública. O protesto conta, também, com a participação de integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que cobram a aceleração no processo de reforma agrária.

A PM informou que aumentou o efetivo em mais 2 mil homens, totalizando 5.567 policiais nas ruas. Até o momento, oito pessoas foram presas por estarem com armas brancas, bolas de gude ou pedras. Segundo o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Márcio Martins Sant´Ana, disse que confia no bom-senso dos manifestantes, que devem evitar tumultos e envolvimento em depredações e badernas. Ele alertou ainda para as barreiras que foram instaladas na Avenida Abrahão Caram, na esquina da Avenida Antônio Carlos, limite que não pode ser ultrapassado no acesso ao estádio.

O trânsito foi interrompido preventivamente em diversas vias da região. A prefeitura de Belo Horizonte decretou feriado municipal nesta quarta-feira. As informações são da Agência Brasil.

Close