0 Shares 840 Views

Carlópolis vai sediar Encontro Internacional de Hortifruti

29 de julho de 2019
840 Views

 

A cidade de Carlópolis vai sediar nesta quarta-feira, 31, o I Encontro Internacional para Exportação de Hortifruti do Norte Pioneiro Pioneiro. “O município já está sendo conhecido internacionalmente pela produção de goiabas. Teremos a presença de pessoas de vários pontos do Brasil e do mundo interessados nos produtos de todo o Norte Pioneiro”, explica o prefeito Hiroshi Kubo (PSDB).

O encontro, promovido pelo Sebrae, tem como principal tema “Associativismo: oportunidades e desafios para indicações geográficas e marcas coletivas” e a produção de goiaba em Carlópolis como principal case. “A goiaba vermelha produzida em Carlópolis, sem produtos tóxicos, é exportada aos países da União Europeia: Espanha, Alemanha, Holanda”, disse o deputado Romanelli (PSB) que representa a cidade na Assembleia Legislativa.

“Os produtores entenderam que para acessar os mercados, o produto tem que ter qualidade e Carlópolis e a sua produção são exemplos. É importante destacar o esforço da prefeitura que faz a diferença porque tem uma política de apoio que valoriza de forma muito intensa a diversificação e, claro, a qualidade daquilo que está sendo produzido no município”, completou Romanelli.

Programação – Entre os principais debatedores estarão Odemir Capello, consultor do Sebrae, que falará sobre as “oportunidades que o associativismo traz ao mercado diferenciado”; Andreia Claudino, consultora do Sebrae, falará sobre benefícios das indicações geográficas e marcas coletivas com foco em associativismo.

O gerente da Abrafrutas, Jorge Souza, vai abordar as oportunidades de exportação de frutas; Paulo Peres, especialista em mercado internacional, falará sobre experiências em feiras de frutas (Madrid – Fruit Attraction 2017 e Fruit Logística Berlin 2018); Gilberto Pereira, presidente da Border Fred Logística, vai falar sobre mitos a respeito da logística de desembaraço aduaneiro em relação à quantidade.

Em seguida, o encontro abordará o case da goiaba de Carlópolis e Etienne Beauregard, da Sambafrueits, vai falar sobre a exportação de hortifrutis para o Canadá.

Goiaba – Com a única indicação geográfica de procedência do mundo, a goiaba produzida na região de Carlópolis se destaca pelo tamanho, em média tem 11 centímetros de altura –as comuns têm entre 7 e 8 centímetros -, e pelo peso, cada fruta pesa em torno de 300 e 350 gramas – o normal é ter em torno de 200 gramas. Além disso, a goiaba tem uma casca mais verdinha e é mais suculenta.

Essas características fazem a fruta ser única. Conquistar esse reconhecimento exigiu uma série de adaptações por parte dos produtores. “As propriedades precisaram se adequar, os barracões precisaram ser modernizados e os produtores passaram por capacitações. Os talhões foram identificados por quantidade de pé, idade, espaçamento e variedade. Produzimos as frutas ensacadas, o que é o nosso diferencial”, explicou o presidente da Cooperativa Agroindustrial de Carlópoli, Noriaki Akamatsu.

Os frutos são ensacados quando atingem o tamanho de 1,5 cm. “O acordo (Mercosul-UE) dá mais segurança e proteção ao produto, evita que possamos ser prejudicados comercialmente”, pontuou Noriaki Akamatsu, que cuida de 1.200 pés de goiaba e produz de 30 a 50 toneladas do fruto por safra.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.