por 11:31 Sem categoria

Câmara derruba Consórcio do Lixo

Câmara derruba Consórcio do Lixo

Foi aprovada a nova redação ao projeto que cria o Conselho da Cidade de (Concidade-Foz)

Da Redação

A última sessão ordinária de agosto realizada ontem pela Câmara de Foz do Iguaçu teve três votações. O Projeto de Lei 87/2007 que autorizava o prefeito a assinar protocolo de intenções para a criação do Consórcio Intermunicipal de Administração de Resíduos Sólidos foi derrubado por 12 contra um, após a proposta de adiamento ser rejeitada por nove votos contra 4. Desta forma o projeto foi arquivado e a cidade de Foz do Iguaçu não fará parte de um projeto que previa a construção de uma usina termoelétrica movida a gás emitido pelo lixão. Foz do Iguaçu receberia todo lixo urbano das cidades do extremo oeste.

Na outra votação os vereadores derrubaram por unanimidade (com uma ausência) parecer contrário assinado pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação, ao PL que prevê o aumento da licença maternidade no serviço público de quatro para seis meses. Este projeto recebeu vários pedidos de vistas e adiamento, no aguardo de decisão do Congresso. E em primeira discussão o PL que revogava a cessão de imóvel à Igreja Evangélica Assembléia de Deus de Anápolis foi derrubado por nove contra quatro.

O Projeto de Lei 129/2007 que dispõe sobre a apresentação de relatórios de elaboração e de execução orçamentárias (que estava sob vistas) teve o pedido de adiamento aprovado por unanimidade.

Da mesma forma o Projeto de Lei 29/2008 que autoriza o chefe do Executivo a abrir concorrência pública para exploração de imóvel de 126 mil metros quadrados localizado no Arroio Leão para instalação de um Porto Seco (ou Redex) conforme suspeita levantada na própria sessão, teve o pedido de adiamento aprovado. (com CMFI)

Fechar