por 16:13 Sem categoria

Câmara aprova três projetos e duas moções

Câmara aprova três projetos e duas moções

Antes da sessão houve a entrega de uma Moção de Aplauso à Guarda Mirim

Os vereadores aprovaram, durante sessão realizada hoje (18), três projetos de lei em segunda discussão. Dois são de autoria do Prefeito Municipal, sendo que um autoriza o Chefe do Poder Executivo a conceder repasse mediante convênio, dos alugueres do Centro de Artesanato de Foz do Iguaçu, para Associação dos Concessionários e o outro disciplina o uso, a disposição e o transporte com caçambas coletoras de entulhos na cidade.

O outro projeto aprovado dispõe sobre a isenção do pagamento da taxa de inscrição em concursos públicos municipais ao candidato doador de sangue fidelizado, e é de autoria dos vereadores Paulo Rubio (PDT) e Edson Narizão (DEM).

De acordo com o projeto, no Brasil apenas 1,8 % da população é doadora de sangue. Índice muito inferior ao mínimo indicado pela OMS (Organização Mundial de Saúde), que fica entre 3% e 5% da população.

A precariedade do  estoque de sangue nos bancos de sangue afeta diretamente a população que faz uso do serviço público de saúde. Em geral, em situações de grande risco para a vida se fazem necessárias transfusões de sangue.

O projeto tem por finalidade estimular a solidariedade e conscientizar o cidadão quanto à importância da doação de sangue no Município.

Durante a mesma sessão foram aprovadas duas moções, uma de aplauso e outra de apoio. A de aplauso é para a Polícia Militar do Estado do Paraná pelos 155 anos de existência, de autoria do vereador Rodrigo Cabral (PSB).

A de apoio é para a iniciativa do delegado chefe da 6ª Subdivisão Policial Dr. Alexandre Macorin Lima pelo projeto de reestruturação dos distritos policiais em delegacias especiais, de iniciativa do presidente da Câmara, vereador Carlos Juliano Budel (PSDB).

Os vereadores aprovaram também um requerimento que solicita ouvir o Prefeito Municipal sobre a possibilidade de emissão de um Decreto Executivo visando conceder a imediata liberação do serviço público das servidoras gestantes, como medida preventiva diante do agravamento epidemiológico da Influenza A (H1N1).

Moção

Antes da sessão foi entregue uma moção de aplauso à Guarda Mirim de Foz do Iguaçu pelos trabalhos prestados à cidade. A homenagem é uma iniciativa do vereador Nilton Bobato (PCdoB) que fez parte, quando jovem, da entidade. “O que se mantém hoje na Guarda é que ela transforma vidas humanas. O que seríamos nós hoje sem essa entidade. Na minha época éramos todos garotos da periferia e a Guarda deu um sentido na nossa vida. O primeiro motivo para a minha homenagem é pessoal. Eu fazia questão de prestá-la”.

A Guarda Mirim de Foz do Iguaçu iniciou seu trabalho com a intenção de ajudar a transformar a vida de adolescentes em situação de riscos nas ruas, em 1977. Começou com apenas 20 adolescentes em uma casa cedida pelo Lions Clube Itaipu, tendo depois sede própria proveniente de doações e desde a sua inauguração a sede funciona no mesmo endereço e conta hoje com uma estrutura física composta por diversos setores.

A homenagem foi recebida pelo presidente Helio Candido do Carmo que agradeceu ressaltando que a entrega da moção não é um ato apenas político e sim um reconhecimento público de um cidadão que fez parte da Guarda.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com