Escrito por 10:13 Sem categoria

Beto Richa doa R$ 4 milhões ao HSBC, denuncia Gazeta

O site Gazeta de Novo denuncia que o prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB) está dando, a título de incentivos fiscais, R$ 4 milhões ao HSBC. "A administração Beto Richa (permite) que o grande banqueiro estrangeiro (HSBC ex-Bamerindus) use metade da verba de um importante programa de incentivo para dar beneficio fiscal ao banqueiro perdendo com isso as pequenas empresas curitibanas". Leia a íntegra da matéria em Reportagens.

(Visited 4 times, 1 visits today)

Escrito por 10:10 Sem categoria

Beto Richa doa R$ 4 milhões ao HSBC, denuncia Gazeta

Beto Richa doa R$ 4 milhões ao HSBC, denuncia Gazeta

O site Gazeta de Novo denuncia que o prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB) está dando, a título de incentivos fiscais, R$ 4 milhões ao HSBC. "A administração Beto Richa (permite) que o grande banqueiro estrangeiro (HSBC ex-Bamerindus) use metade da verba de um importante programa de incentivo para dar beneficio fiscal ao banqueiro perdendo com isso as pequenas empresas curitibanas". Leia a seguir os principais trechos da matéria

Dos R$ 8.000.000,00, que é o total disponibilizado este ano pelo prefeito Beto em recursos para serem usado com o título de ISS Tecnológico, a metade, R$ 4 milhões, já foi autorizada para o banco HSBC.

E o banqueiro muito contente declarou em 16/08/2006: "O grupo escolheu Curitiba para instalar seu terceiro GLT – outros dois estão na Índia e na China – pela localização geográfica da cidade e principalmente pela política de incentivo da Prefeitura de Curitiba".

Este programa, criado em 2002, permite que empresas prestadoras de serviço deduzam parte do Imposto Sobre Serviços (ISS) a ser pago à Prefeitura de Curitiba. Não dá para aceitar essa autorização do alcaide Beto Richa para o Banco HSBC economizar em compra de equipamentos, softwares, livros técnicos e periódicos, capacitação, contratação de consultorias e pagamento de despesas com viagens.

Além de dar incentivo ao banqueiro, a administração Beto Richa, copiando o erro dos prefeitos anteriores, não cobra valor que chegue nem a 10% do ISS devido pelos bancos que prestam serviços no município.

Os bancos arrecadam muito em serviços, cobram para dar extratos, alugar caixas de valores, fornecer talões de cheques, preencher cadastros, saldos, etc. Em todos esses serviços tem que incidir o tributo ISS. O único dinheiro que o banco ganha que não cabe cobrar o ISS é no caso dos juros. Nesse ítem, o Banco Central informa a Receita Federal que cobra o imposto de renda. Nos outros, os da área de serviços, o banco paga o que quer, paga sobre o que informa e o alcaide do Batel silencia como fazem todos os demais prefeitos do Brasil. Que fantásticos valores perdem os municípios, não arrecadando os impostos do real valor cobrado pelos banqueiros e aqui em Curitiba, o nosso alcaide do Batel resolve, através da Curitiba S/A, dar mais R$ 4.000.000,00 para o HSBC.

(Visited 1 times, 1 visits today)
Close