por 19:06 Sem categoria

Belinati aparece na lista de fichas-sujas da AMB

Pesquisa
Belinati aparece na lista de fichas-sujas da AMB

Fernanda Leitóles

A Associação dos Magistrados do Brasil (AMB) divulgou ontem mais um levantamento dos candidatos a prefeito e a vice com pendências judiciais. Foram mencionadas apenas ações penais públicas e ações de improbidade administrativa. Na pesquisa constam os nomes de 37 fichas-sujas de cidades do interior do país, o que corresponde a 14,83% dos 401 concorrentes analisados.

No Paraná, a única cidade citada é Londrina. E Antonio Belinati (PP) – deputado estadual e candidato a prefeito – aparece na lista do AMB porque responde a dois processos por ato de improbidade administrativa.

O órgão traz dados sobre os concorrentes de 47 municípios brasileiros que possuem mais de 200 mil eleitores. Maringá e Ponta Grossa também se encaixam nesse perfil, mas ainda não tiveram seus dados divulgados. Segundo a assessoria da AMB, isso ocorreu porque nem todos os tribunais dessas cidades disponibilizam as informações sobre os processos na internet. Sendo assim, será necessário enviar técnicos da instituição a campo.

Anteriormente, foi divulgada a lista dos candidatos a prefeito e vice das capitais. Em Curitiba não houve nenhum concorrente citado.

A AMB consultou os sites dos Tribunais de Justiça dos estados, dos Tribunais Regionais Federais, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Supremo Tribunal Federal (STF) para compor a pesquisa.

Antonio Belinati foi procurado pela reportagem da Gazeta do Povo para comentar o caso, mas até o fechamento desta edição não havia retornado às ligações. A assessoria do parlamentar informou que ele estava viajando para Londrina, de ônibus e sem celular, após ter participado da sessão da Assembléia Legislativa de ontem.

Segundo a assessoria de Belinati, o candidato acha que os eleitores não devem considerar a lista da AMB na hora de decidir o voto. Isso porque os candidatos citados podem ser considerados inocentes. E, de acordo com a assessoria, esse é o caso de Belinati, que já obteve uma decisão favorável, em 1ª instância, em um dos processos que responde por improbidade administrativa.

A AMB pediu ao STF que, além da divulgação dos dados da vida pregressa dos concorrentes fichas-sujas, também impugnasse as candidaturas. Mas, o STF rejeitou a ação, pois a considerou improcedente – por nove votos a dois.

No estado de São Paulo estão as duas cidades com o maior número de candidatos mencionados pela AMB. São Bernardo do Campo e São Paulo possuem quatro citados cada uma. Os três fichas-sujas da capital paulista são Geraldo Kassab, Marta Suplicy e Paulo Maluf – todos candidatos à prefeitura da cidade.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com