Escrito por 12:15 Justiça, Mundo, Segurança e Policial

Battisti admite ser responsável por assassinatos, pessoas feridas e uma enxurrada de roubos

Compartilhe

 

Preso na Sardenha desde que foi extraditado da Bolívia, onde foi detido no último mês de janeiro , Cesare Battisti admitiu no sábado, ao ser interrrogado na prisão de Oristano pelo promotor Alberto Nobili, titular do grupo antiterrorismo de Milão, ser o responsável pelos quatro assassinatos cometidos nos anos 1970, informa a imprensa local. O italiano cumpre cumpre pena de prisão perpétua . Esta é a primeira vez que Battisti reconhece os crimes que renderam sua condenação à revelia. As informações são de O Globo.

– Foi uma guerra justa, mas peço desculpas. Percebo o mal que causei e peço desculpas às famílias das vítimas – disse Battisti que assumiu também a responsabilidade por ferir três pessoas nas pernas.

– Os quatro assassinatos, os três feridos e uma enxurrada de roubos e roubos para autofinanciamento, é verdade. Eu falo das minhas responsabilidades, não vou nomear ninguém – afirmou.

Close