por 11:22 Sem categoria

Bateu o desespero

De Fábio Campana, no Estadinho

Bateu o desespero nos arraiais das oposições a Requião. Os marqueteiros de Osmar Dias vão insistir na tese que o governador calunia quando diz que a fazenda Lagos da Prata foi mal havida, numa transação que a Justiça deve investigar.

A Lagoa da Prata é mais que uma fazenda. É latifúndio que equivale a um município e meio de Pinhais. Para que se tenha idéia, em Pinhais vivem 140 mil pessoas.

Osmar Dias comprou e Requião coloca enormes indagações sobre a aquisição. Entre elas, que Osmar Dias diz que comprou por 2,5 milhões algo que vale, no mínimo, 20 milhões.

Osmar Dias rebate dizendo que Requião mente. É a defesa possível, a essa altura do campeonato. Aliás, os outros dois candidatos de oposição, Rubens Bueno e Flávio Arns, batem na mesma tecla.

Mas todos já perceberam que a parada é difícil. Se até agora não conseguiram derrubar Requião, difícil será agora, na reta final, com apenas 20 dias de campanha.

Outra da turma de Osmar Dias é dizer que Requião prometeu e não acabou com o pedágio. Requião tentou, a questão continua na Justiça. Mas o candidato Antônio Forte, do PSL, vem para lembrar que quem inventou o pedágio foi Jaime Lerner, que hoje apóia Osmar Dias e ajuda a fazer os novos projetos.

Depois de empacar nas pesquisas e perceber o desastre, Osmar Dias parece disposto a contra-atacar com tudo o que pode. Encarregou seus perdigueiros de achar o que seja para alfinetar Requião.

Tudo bem, como dizem as almas parvas, a política nativa tem dessas coisas e ultimamente os candidatos da oposição preferem partir para a ignorância e deixar de lado a apresentação de projetos ao Estado. E depois reclamam da população que não está interessada em ver os seus programas eleitorais que são da qualidade daqueles que os cercam.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com