por 18:35 Educação, Foz do Iguaçu

Aulas presenciais na rede municipal de Foz do Iguaçu retornam dia 1º de março

A Secretaria Municipal de Educação confirmou o retorno das aulas presenciais na rede municipal de ensino de Foz do Iguaçu para o dia 1º de março.

Poderão voltar alunos de quatro e cinco anos da Educação Infantil e alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Para a retomada das atividades, todas as 50 escolas e 41 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) deverão seguir o Protocolo Sanitário, Administrativo e Pedagógico.

O documento, elaborado pelo Comitê Municipal de Gerenciamento e Retorno às Aulas Presenciais (CMGRAP) considera as medidas de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus e a necessidade de cumprimento das 800 horas letivas anuais, previstas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação – LDB n° 9.394/1996.

 O protocolo determina, por exemplo, o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) para professores e funcionários, incluindo jaleco, máscara e protetor facial; o uso obrigatório de máscaras para todos os alunos, devendo ser trocadas a cada 2 horas; espaçamento de 1,5 metros entre as carteiras; revezamento dos horários de entrada, saída, recreação e alimentação; higienização e aferição de temperatura na entrada da escola; e implantação de  tapetes sanitizantes para limpeza dos calçados antes de adentrar a escola.

 Rotinas de higienização e desinfecção dos espaços escolares e de seus acessos (maçanetas, teclados, corrimãos, maçanetas, mesas, cadeiras, etc.) também serão uma obrigatoriedade, assim como a disponibilidade de álcool em gel para a lavagem das mãos. 

A higienização das mãos com água e sabão também deve ser incentivada com frequência pelos educadores. Os bebedouros com disparo para boca serão desativados e os alunos incentivados a utilizar garrafinhas individuais.

A Secretaria de Educação irá disponibilizar garrafinhas e máscaras para aqueles alunos que por ventura não puderem dispor. 
“Estamos trabalhando em conjunto com a Secretaria de Saúde para a retomada das aulas, algo que está sendo muito esperado por muitas famílias, mas que merece toda nossa atenção. Estamos cuidando de cada detalhe, adquirindo os EPIS e avaliando todos os espaços para que os alunos e professores retornem com segurança”, disse a secretária de educação, Maria Justina da Silva.  

Decisão

Os pais ou responsáveis poderão optar em enviar ou não os filhos às escolas e CMEIs. Aqueles que optarem pela não retomada das aulas presenciais deverão assinar um termo de responsabilidade, comprometendo-se em manter as atividades remotas, que continuarão a ser entregues. Eles também deverão levar a criança em datas específicas para avaliação presencial. 

Retomarão as atividades apenas estudantes a partir de quatro anos. Crianças de seis meses a três anos ainda não voltarão aos CMEIs, devido ao risco de transmissão do coronavírus.  A Educação Especial ainda aguarda orientação do Núcleo Regional de Educação e da Federação das Apaes sobre o retorno às aulas. 

Foz tem hoje 17.850 alunos no Ensino Fundamental e 7.686 crianças matriculadas na Educação Infantil.

Fechar