por 22:22 Sem categoria

Assessoria Especial para Assuntos de Curitiba tem site na internet

Assessoria Especial para Assuntos de Curitiba tem site na internet

Durante a plenária realizada nesta quarta-feira (6) em que definiu os últimos detalhes do 1º Grande Encontro das Lideranças Comunitárias de Curitiba, o assessor especial, Doático Santos apresentou oficialmente o site da Assessoria Especial para Assuntos de Curitiba. “É mais uma ferramenta de comunicação, de informação e de interação entre o Governo do Estado e a população de Curitiba. Esse site é um instrumento vivo, de participação popular, e será ampliado constantemente”, disse Doático.

 Através do endereço www.assuntosdecuritiba.pr.gov.br é possível acessar uma série de informações sobre a iniciativa, do movimento comunitário pela moradia na capital do Estado. O morador curitibano poderá ainda enviar artigos e participar de fóruns de discussões.

 “Nosso compromisso é com a história desta cidade e com os direitos de todos seus cidadãos. Nosso assunto é a luta por uma verdadeira cidadania para todos os curitibanos. Por isso, nosso assunto é Curitiba. E por isso que este espaço está aberto para artigos, comentários, projetos e propostas que tenham essa finalidade. Contamos com a colaboração de todos”, descreve Doático no ícone ‘artigos’.

 Um dos questionamentos no ícone ‘Alô Prefeito’ traz a preocupação dos moradores de Curitiba que repercutiu na Câmara de Vereadores e até na imprensa alinhada ao prefeito Beto Richa (PSDB). “A cidade está sofrendo com a infestação de ratos que se proliferam nas redes de galerias pluviais e invadem as casas dos principais bairros da capital paranaense”, descreve a matéria postada.

    “A rataiada motivou inclusive um pedido de informações aprovado pela Câmara de Vereadores em que o presidente da Casa, João Cláudio Derosso, questiona a Secretaria Municipal do Meio Ambiente sobre o volume de pedido de desratização feito no telefone 156 e sobre os pontos críticos da infestação”, aponta.

 No último dia 2, a Gazeta do Povo, jornal alinhado ao prefeito, revela que o telefone 156 da prefeitura registrou 13.268 pedidos de desratização de residências – média de 40 solicitações por dia. Dois bairros lideram a lista: a CIC, com 2.502 pedidos, e o Boqueirão, com 2.284.

 A matéria não esclarece se a prefeitura está resolvendo o problema, mas o Serviço de Controle de Roedores joga a culpa nos moradores, principalmente aos catadores de papel e aos que moram nas ocupações. “Muitas vezes, junto com o material coletado, há resíduos de alimentos, e isso atrai os ratos”, diz a bióloga Simone do Rocio Ferreira, chefe do serviço, ao jornal da família Cunha Pereira.

 Doático Santos afirmou que uma situação grave como essa não pode ser tratada de forma irresponsável. “Em vez de jogar a culpa nos moradores, a prefeitura tem que apresentar um plano de ação imediato para resolver o problema. Os pedidos de desratização devem ser atendidos imediatamente”, defendeu.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com