Written by 20:47 Sem categoria

‘APOSENTADO’ MINISTRO ACUSADO DE VENDA DE SENTENÇA

Por Josias de Souza, na Folha Online:

Alcançado em 2007 pela Operação Furacão, o ministro Paulo Medina foi afastado de suas funções na época.

Perdeu a obrigação de comprarecer ao gabinete, não o direito de manusear mensalmente o contracheque.

Munida dos relatórios da PF, a Procuradoria denunciou-o por venda de sentença à máfia do jogo carioca.

Levada ao STF, a denúncia foi aceita. O magistrado tornou-se réu. E o processo segue o seu curso.

Na esfera administrativa, coube ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça) analisar a situação funcional do réu.

Decidiu-se impor a ele os rigores da pena máxima prevista para casos do gênero: aposentadoria.

A decisão foi formalizada nesta segunda, em ato publicado no ‘Diário Oficial da União’.

Na prática, Medina encontrava-se aposentado há tempos. Agora, aposentou-se da aposentadoria.

Uma coisa não mudou. Continuará apalpando vencimentos integrais. Mais de R$ 25 mil mensais. Brasillllll!

(Visited 2 times, 1 visits today)

Close