por 09:26 Brasil, Cotidiano, Destaques

Após carta de entidades, Pacheco se compromete em repudiar repressão a liberdade de imprensa; Vídeo

Oito organizações enviaram nesta quarta-feira (7), Dia do Jornalista, uma carta aberta aos presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), cobrando compromisso do Congresso com a liberdade de imprensa.

“O Brasil vive um cenário preocupante de crescentes ameaças à liberdade de imprensa.
Dificuldade de acesso a dados públicos, censura judicial, remoção de conteúdo, ameaças e
agressões físicas, campanhas difamatórias e assédio online são elementos que compõem o
cenário. Some-se a isso a impunidade em crimes cometidos contra jornalistas”, cita a carta, que lista uma série de dados comprovando o cenário denunciado.

O documento (íntegra) é assinado pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Artigo 19, Conectas Direitos Humanos, Intervozes, Federação Nacional dos Jornalistas, Instituto Vladimir Herzog, Comitê para Proteção de Jornalistas (CPJ) e Repórteres sem Fronteiras (RSF).

Entre os pontos de preocupação das entidades, estão projetos que tramitam no Congresso e que, se aprovados, podem restringir a liberdade de imprensa e o trabalho dos jornalistas.

Pacheco se comprometeu a repudiar qualquer tipo de agressão, violência ou mitigação de direitos de jornalistas no Brasil. Veja no vídeo abaixo:

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado 

Fechar