por 17:10 Justiça

Após autorização da Justiça Federal Econorte voltará a cobrar pedágio na praça de Cambará

 

A concessionária Econorte voltará a cobrar pedágio na praça em Cambará, no Norte Pioneiro, no sábado (1°). Os valores das tarifas ainda não foram definidos. Informações do G1.

No dia 21 de maio, a Justiça Federal autorizou a Econorte a reativar a praça de pedágio para realizar a cobrança da tarifa. Na decisão, o juiz federal Friedmann Anderson Wendpap afirmou que não há impedimento para a sua reinstalação, desde que a praça de Jacarezinho permaneça desativada.

Foi nesta ação que a Justiça Federal (JF) concedeu liminar, em novembro de 2018, para liberar as cancelas da praça de pedágio da concessionária em Jacarezinho, e a reduzir as tarifas, em 26,75%, nas praças de Jataizinho e Sertaneja, todas no Norte Pioneiro.

O juiz afirmou que a concessionária “está livre de qualquer amarra processual para estabelecer o preço conforme o estado da arte atual do contrato. Se vai fazer com reajustes pelo IPCA-e, pelo IGPM, com ou sem degraus tarifários, é decisão de sua alçada, considerando a situação jurídica na qual está envolta”.

Concessão
A concessionária Econorte é responsável, desde 1997, pelos pedágios de Jataizinho, Sertaneja e, inicialmente, Cambará. Mas, em 2002, esta última praça foi desativada e foi instalada uma praça em Jacarezinho.

Nos dias em que as cancelas de Jacarezinho estavam liberadas, a empresa realizou alguns reparos e testes na praça de Cambará, para reativá-la.

https://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/2019/05/27/econorte-voltara-a-cobrar-pedagio-na-praca-de-cambara-no-sabado-1.ghtml

Fechar