por 11:30 Cotidiano, Destaques, Foz do Iguaçu

Aplicativo 156 Foz aproxima a Prefeitura dos iguaçuenses

Foztrans, CCZ, Saúde, Fazenda, Meio Ambiente, Obras, Educação e Segurança Pública: todos esses serviços na palma da mão. Essa é a proposta do 156 Foz, canal de comunicação feito para aproximar ainda mais a Prefeitura e o cidadão iguaçuense.

O acesso à ferramenta é muito simples: o aplicativo está disponível para Android e IOS, basta fazer o download e um rápido cadastro. Por telefone, é só discar 45 (DDD), seguido pelo 156.

Todas as demandas são recebidas pela Central 156 que, em até 24h, direciona o pedido para a secretaria responsável seguir com as providências necessárias. No app, o solicitante pode acompanhar em tempo real o andamento do processo. Até o momento já são mais de 4.600 usuários cadastrados.

O coordenador do serviço, Marcelo Penayo, conta que o objetivo é desburocratizar o atendimento público e dar uma resposta rápida ao cidadão. “Já conseguimos incluir no serviço um número significativo de opções para o usuário ter o seu pedido atendido. Tornamos prático e digital o que antes era feito apenas de forma presencial e com folhas de protocolo”.

O sistema foi montado pela Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação em 2019 e, desde então, já atendeu mais de 5 mil solicitações. Desse total, 1.600 foram a partir do início da pandemia da covid-19 no município, em março de 2020, quando os serviços presenciais da Prefeitura foram reduzidos.

“O 156 pôde suprir essa demanda e acelerar processos durante esse período. Estamos também alinhando o contato entre a central e as secretarias para que seja estipulado um prazo para a resolução de cada tipo de serviço”, diz. “É  nosso dever fornecer aos cidadãos as respostas para seus pedidos”, complementa Penayo.

O secretário municipal de Transparência e Governança, José Elias Castro Gomes, afirma que o objetivo do fortalecimento do canal 156 é reforçar o compromisso de atender o cidadão, prezando pela proximidade na relação com a Prefeitura e na busca por soluções. “Vamos estabelecer um padrão diferenciado de atendimento ao munícipe, com simplicidade, acessibilidade, eficiência e ênfase na busca do que é melhor para a comunidade”.  

A Central do 156, que funcionava no Complexo Bordin, mudou-se em fevereiro para o prédio da Diretoria de Comunicação, na Praça Getúlio Vargas. A medida visa dar maior eficiência aos serviços. 
 
Ouvidoria do município 

Outra função importante do 156 Foz é “hierarquizar as solicitações do serviço público”, como pontua Penayo, uma vez que muitas das reivindicações chegavam diretamente à Ouvidoria Geral do Município. O órgão não é o responsável pelo recebimento dos pedidos, mas sim o passo final em caso de não resolução das solicitações.

 “O aplicativo ajuda a reordenar o fluxo de serviços. A Ouvidoria é acionada quando os casos não são resolvidos dentro das secretarias e divisões”, ressalta o coordenador. Dessa maneira, a Ouvidoria segue com o papel de acompanhar a prestação de serviços, auxiliar na prevenção e correção de procedimentos incompatíveis com a lei e aperfeiçoar o contato entre a administração municipal e a população.

AMN

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com