0 Shares 175 Views

Alvaro Dias critica corte de verbas nas universidades

7 de maio de 2019
175 Views

 

Terceiro senador paranaense a se manifestar sobre o tem, Alvaro Dias (PODE-PR) criticou o corte linear de 30% nas verbas de custeio do orçamento descentralizado das universidades e instituições federais de educação pelo Ministério da Educação. De acordo com o senador, disse que defende uma fase de enxugamento, mas critica o ataque pontual à Educação. Informação do Bem Paraná.

“Eu próprio advogo um limitador emergencial de despesas da ordem de 10% em todas as áreas da administração pública. O que me surpreendeu, confesso não ter a percepção se é verdade inteira ou meia verdade, ou mentira, o argumento de que se cortaria (verbas) nas universidades onde ‘existe balbúrdia’. Essa é uma questão muito relativa, a balbúrdia. Retirar recurso da universidade porque houve algum ato de balbúrdia é punir aqueles que são comportados, disciplinados. Nem todos participam de balbúrdia na UNB. Se houve, certamente, nem todos participaram. Então estão este critério é inadequado para uma área tão importante como a Educação. Claro que há necessidade de investir na Educação da Primeira Infância, mas um investimento não pode anular o outro”, disse Alvaro Dias no Plenário do Senado ontem.

Os senadores paranaenses Oriovisto Guimarães (PODE-PR) e Flavio Arns (REDE-PR) também condenaram os cortes. Oriovisto, fundador de uma das maiores universidades privadas do País, e do cursinho pré-vestibular do Grupo Positivo, se posicionou a favor das universidades públicas. Oriovisto disse ao Bem Paraná por telefone que fará o possível para ajudar o reitor Ricardo Marcelo Fonseca, da UFPR, que busca apoio político contra a medida. “Tenho o maior amor pela Educação. Qualquer corte que seja feito de verba para a universidade, eu sou contra. Quando eu for procurado terei o maior prazer em ajudar o reitor”, disse o senador.

No sábado, o senador Flavio Arns (REDE-PR), que é professor licenciado do setor de Educação da UFPR, afirmou que a decisão do MEC de bloquear 30% das verbas de custeio “deve ser imediatamente revista”. “Temos que ter o discernimento necessário para não deixar que visões ideológicas divergentes contaminem um debate que deve ser do Brasil. O senador Alvaro Dias (PODE-PR) ainda não se manifestou.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, participará nesta terça-feira (7), às 11h, de audiência pública na Comissão de Educação do Senado. Ele será instigado a dar explicações sobre o recente corte de verba de universidades federais que, segundo ele, “promovem balbúrdia” e “eventos ridículos”. No próximo dia 15, uma audiência com o ministro está marcada para ocorrer na Câmara Federal.

link da matéria
https://www.bemparana.com.br/noticia/alvaro-dias-engrossa-coro-contra-cortes-em-universidades#.XNFRfo5KjIU

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.