por 13:45 Sem categoria

A CHACINA DO MONSENHOR NUMA VISÃO POÉTICA

De Lizau no www.megafone.inf.br:

Ultimamente ando muito distraído. Se eu estou lendo algo, minha mente desconcentra-se do texto e começa a lembrar de outros fatos. Eu estava lendo uma poesia do poeta polonês Zbigniew Herbert e ela me lembrou de uma triste realidade de nossa história que aconteceu aqui em Foz do Iguaçu. A poesia chama-se Cinco Homens e narra em seus versos:

“Eles os levam para fora de manhã / para o pátio de pedra / e os botam contra a parede / cinco homens / dois muitos jovens / os outros de meia idade (…) quando o pelotão / ergue as armas / tudo se revela de repente / na luz invasiva do óbvio / a parede amarela / o azul gelado / o fio preto na parede / em vez de um horizonte (…) antes da bala chegar / o olho percebe o vôo do projétil / o ouvido capta um rumor metálico / as narinas se enchem de fumaça amarga / uma pétala de sangue roça o céu da boca / o tato se encolhe e depois afrouxa / agora eles estão caídos na pedra (…)”. (CLIQUE AQUI para ler a íntegra do artigo)

Fechar