0 Shares 147 Views

24 ex-integrantes do Ministério Público receberam R$ 1,2 milhão em janeiro

18 de fevereiro de 2016
147 Views

24 ex-integrantes do Ministério Público receberam R$ 1,2 milhão em janeiro

Vinte e quatro ex-procuradores e ex-promotores do Ministério Público receberam, somados, R$ 1,2 milhão em janeiro de 2016 em pagamentos retroativos. Isso significa que, em média, cada um deles ganhou R$ 53,4 mil. As informações são do Chico Marés na Gazeta do Povo.

Entre os beneficiados estão o ex-presidente do Tribunal de Justiça Clayton Camargo; o ministro do Superior Tribunal de Justiça Sérgio Kukina; e o ex-secretário estadual de Segurança Pública Luiz Fernando Delazari.

Em nota, o MP explicou que, apesar de não estarem mais no exercício da função, esses ex-membros da instituição têm direito aos mesmos salários retroativos pagos aos membros atualmente em exercício e aos aposentados – pois exerciam o cargo no final da década de 90.

O valor pode ser considerado alto, se comparado ao do ano de 2015 – quando o MP gastou R$ 2,7 milhões, de janeiro a dezembro, em ressarcimentos para 32 membros exonerados.

O MP diz que os pagamentos são realizados “de acordo com as suas forças orçamentárias e financeiras”, sem que haja um critério específico sobre quanto é pago a cada mês.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.