Written by 17:29 Paraná

Empresários apoiam Plano de Recuperação de Curitiba apresentado por Greca

Greca reunido com Grupo Lide

Empresários e especialistas defenderam a aplicação do Plano de Recuperação de Curitiba apresentado nesta quinta-feira, 30, pelo prefeito Rafael Greca, em debate promovido pelo Grupo Lide, de incentivo ao desenvolvimento da iniciativa privada, na capital paranaense. Eles destacaram a importância do ajuste fiscal, a contenção de despesas e vário projetos que impulsionam a economia e a cadeia produtiva da cidade.

No evento, Greca expôs os principais desafios enfrentados neste início de gestão e apresentou o o pacote, formado por um conjunto de 52 medidas e 12 projetos de lei enviados na terça-feira à Câmara Municipal.
Segundo explicou Greca, as medidas – entre elas a criação de uma Lei de Responsabilidade Fiscal e de uma nova meta fiscal – são necessárias para dar condições de resolver a grave situação financeira do município, que herdou uma dívida de R$ 1,2 bilhão e tem um déficit orçamentário de R$ 2,1 bilhões para este ano.

“Recebi com entusiasmo a tarefa de arrumar Curitiba e vim pedir a parceria do empresariado para essa grande missão que é tornar a cidade mais forte do que as dificuldades”, afirmou o prefeito. “Vou reerguer a Prefeitura à altura da grandeza da nossa capital”, disse Greca, valorizando o esforço que vem sendo feito por toda equipe no processo de “reengenharia municipal”. O prefeito detalhou ainda várias outras ações que estão sendo adotadas em áreas como saúde, urbanismo, infraestrutura, empreendedorismo, meio ambiente, inovação e ação social.

Apoio à responsabilidade fiscal – O vice-chairman of the board da Lide Global, o economista Roberto Gianetti da Fonseca, ressaltou a importância da atuação da autoridade municipal no processo de recuperação da “espiral recessiva” da economia.

Segundo ele, a primeira coisa a ser feita é promover o ajuste fiscal sempre que necessário. “No momento em que se tem contas equilibradas na prefeitura, já se está dando uma colaboração ao empresariado”, avaliou.

Já o presidente do Lide Paraná, Fabrício de Macedo, destacou que tem aumentado a preocupação do empresariado com a gestão pública. “É muito importante que poder público e iniciativa privada caminhem juntos, pois as decisões tomadas em âmbito público afetam o setor privado”, afirmou.

Para Macedo, as ações de saneamento das finanças municipais promovidas por Greca têm “sem dúvida alguma a intenção de melhorar a nossa cidade.”

O empresário Marcelo Gava, por sua vez, considera que o Plano de Recuperação é essencial para o sucesso da atual administração. “Recompor as contas públicas e reavaliar os gastos é fundamental para se conseguir fazer essa gestão”, disse.

Para ele, é necessário também apoio do governo estadual e demais instituições para o município conseguir vencer as dificuldades.

Vale do Pinhão é louvável – Além de debater o Plano de Recuperação, o prefeito abordou o Vale do Pinhão, iniciativa promovida pela Prefeitura para fomentar empresas inovadoras em Curitiba.

Segundo Macedo, que é empresário do setor de gestão de pessoas, a iniciativa é “fantástica” e vai gerar frutos. “Esse projeto, com um nome absolutamente curitibano e com uma ideia e uma história, precisa ser difundido”, defendeu.

Para Roberto Gianetti da Fonseca, a ideia de desenvolver um polo de inovação é louvável. Ele elogiou a qualificação da mão de obra da cidade e se mostrou otimista: “Quem sabe tenhamos em breve grandes projetos na área de tecnologia que surjam aqui em Curitiba e se tornem empresas de nível nacional e internacional?”

O evento – O encontro foi realizado no Castelo do Batel e contou com cerca de 150 pessoas, entre elas o presidente da Fecomércio-PR, Darci Piana, o presidente-executivo do Grupo RIC Paraná, Leonardo Petrelli, o presidente do Grupo J. Malucelli, Joel Malucelli, e a diretora da Unidade de Jornais do Grupo Paranaense de Comunicação, Ana Amélia Filizola.

Também estiveram presentes no evento o vice-prefeito e secretário municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, Eduardo Pimentel, o secretário de Governo Municipal, Luiz Fernando Jamur, o secretário municipal de Comunicação Social, Marcelo Cattani, o presidente da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), José Lupion Neto, a presidente da Fundação de Ação Social, Larissa Tissot, o assessor da Prefeitura para Relações Intenarcionais, Rodolpho Zannin Feijó, a presidente do Instituto Curitiba de Saúde (ICS), Dora Pizzatto, e o diretor-técnico da Agência Curitiba de Inovação, Tiago Francisco.

Lide – O Lide, que promoveu o encontro, é um grupo privado voltado ao debate e fortalecimento da livre iniciativa e do desenvolvimento econômico e social, além da defesa dos princípios éticos de governança corporativa no setor público e privado. Foi fundado no Brasil em 2003 e reúne líderes empresariais de corporações nacionais e internacionais.

(Visited 6 times, 1 visits today)

Close