Written by 9:35 Coluna Boca Maldita

Coluna Boca Maldita desta quinta, 30

Coluna Boca Maldita desta quinta, 30

Psol rejeita PT e PCdoB
O diretório estadual do Psol, em reunião sábado (25), rejeitou por unanimidade as coligações com PT e PCdoB nas eleições municipais de outubro no Paraná. Um relatório com a posição e justificativas será enviado ao diretório nacional, que vai analisar a questão nos dias 29 e 30 de julho. Até lá, as alianças com petistas e comunistas estão suspensas. Em Curitiba, o Psol terá candidatura própria com a ativista Xênia Mello.

Rejeita II
O Psol tem uma resolução de âmbito nacional que libera alianças com PCB e PSTU e proíbe coligações com PSDB, DEM, PMDB, PR, PRB, PTB, PSD, PPS, PSC, SD e PP. As demais coligações serão analisadas caso a caso pelo diretório nacional. Segundo a mesma resolução, cabe aos diretórios estaduais receberem os pedidos de coligação e enviarem eles para o Diretório Nacional, se posicionando sobre os pedidos.

Sinalização
Mais 40 cidades terão obras de sinalização viária. Ontem (29) o governador Beto Richa recebeu os prefeitos e autorizou as obras que serão executadas pelo Detran-PR num investimento de R$ 6,8 milhões.

Inferno astral…
… de advogado de Gleisi continua. O Gaeco prendeu ontem o advogado Sacha Reck, ex-sócio de Guilherme Gonçalves, preso pela Operação Custo Brasil no sábado, 25. Nesta etapa o órgão investiga fraudes nos sistemas de concessões municipais de transporte coletivo com atenção especial para as cidades de Guarapuava e Curitiba.

PB solto
O ministro Dias Toffoli, do STF, revogou ontem a prisão do ex-ministro Paulo Bernardo (PT), detido quinta-feira (23), na Operação Custo Brasil, que investiga desvios do Ministério do Planejamento. A decisão foi uma resposta da reclamação feita pelo advogado do petista, Juliano Breda, junto ao tribunal.

Bolsonaro fora?
Pode ser que sim, pode ser que não. O Conselho de Ética da Câmara instaurou terça (28) processo por quebra de decoro parlamentar contra o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). A representação do PV o acusa de ter dedicado seu voto, a favor do impeachment de Dilma (PT), ao coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, reconhecido pela Justiça como torturador durante a ditadura militar.

Afinando o discurso
O PDT do Paraná realiza sábado (02 de julho), às 9h, em Ponta Grossa, encontro estadual com a presença do presidente do partido, ex-senador Osmar Dias, deputados, prefeitos e demais lideranças. Segundo o líder da legenda na Assembleia Legislativa, deputado Nelson Luersen, o objetivo é reunir filiados, dirigentes, vereadores, pré-candidatos e demais lideranças para discutir a preparação para as eleições municipais de outubro.

Fora do ar
Como a coluna já havia antecipado, a partir de hoje (30), as emissoras de rádio e televisão não poderão transmitir programas que sejam apresentados ou comentados por pré-candidatos às eleições deste ano. A data está prevista no calendário eleitoral, aprovado por uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral.

(Visited 2 times, 1 visits today)

Close