Arquivos

Categorias

Mais duas cidades do Paraná caem em golpe e quitam dívida inexistente

Por Marcus Ayres, na Gazeta do Povo:

Depois de Paranavaí, mais duas cidades da região Noroeste do Paraná caíram no golpe em que órgãos públicos são convencidos a pagar dívidas inexistentes. Um dos alvos dos estelionatários foi a Câmara de Vereadores de Planaltina do Paraná, a 128 quilômetros de Maringá, que desembolsou cerca de R$ 3 mil.

A cobrança foi feita por telefone. Sem exigir qualquer tipo de documento, o procurador jurídico e o presidente da Câmara de Vereadores autorizaram o pagamento. No dia seguinte, quando perceberam o golpe, os dois resolveram tirar dinheiro do próprio bolso para repor o montante que os criminosos levaram. “Assumimos a responsabilidade e não demos nenhum prejuízo aos cofres da Câmara”, explicou o presidente da câmara, Mauro Hawerroth, em entrevista à RPC TV Paranavaí.

Outro município vítima do golpe foi Itaúna do Sul, a 160 quilômetros de Maringá. No entanto, o maior prejuízo ocorreu com a prefeitura de Paranavaí, que depositou quase R$ 10 mil na conta de um desconhecido. “Houve um erro grosseiro. Foi um pagamento totalmente indevido. Este valor necessariamente deve voltar corrigido e atualizado aos cofres públicos”, afirmou o promotor do Patrimônio Público Vilmar Fonseca.

Chefe de gabinete descobriu golpe em Planaltina do Paraná

Dias antes, a Prefeitura de Planaltina do Paraná, a cerca de 130 quilômetros de Maringá, havia recebido a mesma cobrança. Após o primeiro telefonema, o chefe de gabinete do prefeito, Alfredo Thomé Júnior, afirma que pensou em pagar a suposta dívida, mas que preferiu consultar o setor de contabilidade do município, descobrindo o golpe.

Segundo ele, os criminosos telefonaram mais três vezes para a Prefeitura. “Já sabia que era uma tentativa de golpe. Não dá para pagar nada se não tiver o comprovante do gasto”, explicou Thomé Júnior.

Política, economia, cultura e bom humor no blog do Paraná.