por 09:34 Sem categoria

1º DE MAIO EM DEFESA DO DIREITO DE REIVINDICAR! PELA SUSPENSÃO DAS DEMISSÕES NO SERVIÇO PÚBLICO!

1º DE MAIO EM DEFESA DO DIREITO DE REIVINDICAR! PELA SUSPENSÃO DAS DEMISSÕES NO SERVIÇO PÚBLICO!

Em 24 de abril de 2007, a mídia noticiou a intenção do executivo municipal em advertir 4 e demitir 28 servidores que participaram da greve da categoria, em junho de 2006, pela melhoria nas condições salariais. Entre eles estão: professores, garis, educadores, cuidador de idosos, cozinheiras, auxiliares de enfermagem, pedreiros, mecânicos, auxiliares de serviços gerais entre outros. São pais e mães que vivem de seu trabalho e com ele sustentam suas famílias.

Dentre eles, há uma mulher grávida, uma outra amamentando seu filho recém-nascido, seis diretores do sindicato e a presidente do Conselho Municipal de Educação. Hoje, no dia internacional de luta dos trabalhadores, os servidores públicos não têm nada a comemorar. Estão com seus empregos ameaçados por terem lutado por seus direitos. Cidadãos maringaenses que contribuem para o crescimento de nossa cidade estão sendo vítimas das perseguições políticas e das retaliações por lutarem por seus direitos.

Ao mesmo tempo, Maringá enfrenta um dos piores momentos na saúde pública (já são mais de mil casos de dengue notificados e 3 mortes), as ruas estão esburacadas, o trânsito faz vítimas todos os dias e a falta de segurança amedronta a população. A hora é de unificar o poder executivo e os servidores para atender a todos os cidadãos maringaenses e superar os problemas. Num momento como este é necessário sabedoria e bom senso para garantir o entendimento entre as partes. As demissões dos grevistas acirram as contradições entre o governo municipal e trabalhadores, sendo a população a maior prejudicada.

O SISMMAR acredita que os servidores já estão suficientemente penalizados pelas condições a que estão submetidos. As perseguições e as demissões por motivo político não se justificam. Estão na contramão do respeito aos direitos dos trabalhadores e depõem contra a democracia. Os servidores ameaçados de demissão não provocaram nenhum dano ao patrimônio, como quer fazer acreditar a Administração Municipal. Como cidadãos maringaenses, somos contra qualquer atitude de depredação do patrimônio público. Não há nenhuma prova contra nós. Mesmo assim, estamos sendo penalizados. Neste 1º de maio, repudiamos a injustiça, a falta de democracia e o desrespeito aos direitos dos trabalhadores. Esperamos que o bom senso prevaleça em benefício à população.

SISMMAR – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Maringá

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com