0 Shares 165 Views

Tadeu Veneri come mosca e lembra Anibal Cury em sessão da CCJ

2 de outubro de 2013
165 Views

0210tadeu

O deputado Tadeu Veneri (PT) surtou hoje na CCJ. A comissão votou o projeto de extinção de cargos do governo do Estado, e o petista, para variar, era contra. No momento da votação, Veneri se distraiu, conversando com o colega ao lado. Não conseguiu votar contra, nem pedir vista, o que atrasaria a tramitação da matéria.

Resolveu colocar em dúvida a isenção do presidente em exercício da CCJ, deputado Caíto Quintana (PMDB). Alegou que coisas assim só aconteciam nos tempos do falecido deputado Aníbal Cury. Teve o dissabor adicional de ouvir uma descompostura de Caíto, que não é de levar desaforo para casa.

Depois do pito de Quintana e inconformado com as medidas de corte de cargos e extinção de secretarias anunciadas pelo governador Beto Richa, Veneri ameaçou entrar com mandado de segurança contra o projeto. Vai ter dificuldade para explicar à opinião pública o que o leva a tentar barrar uma economia de R$ 48 milhões por ano aos cofres do Estado.

Mais notícias para você: