Written by 16:00 Brasil

Justiça manda governo proteger terra indígena

A Justiça Federal determinou que União e Funai adotem medidas de segurança para, em 24 horas, proteger a terra indígena Tenharim Marmelos, em Humaitá (AM). A liminar da juíza federal Marília Gurgel de Paiva e Sales diz que a União deve instalar postos de fiscalização nos extremos da reserva e monitorar trecho da rodovia Transamazônica (BR-230) que passa pela área indígena.

O local está sob ameaça de invasão de não-indígenas, que acreditam que três desaparecidos desde o dia 16 foram sequestrados por índios, após a morte de um cacique. A Justiça determinou ainda que União e Funai garantam o retorno dos índios que estão refugiados no 54º Batalhão de Infantaria de Selva do Exército.

A decisão atende a uma ação civil pública do Ministério Público Federal. Há uma onda de violência na região desde a semana passada. A sede da Funai e veículos foram incendiados. Em Apuí (AM), 300 pessoas destruíram um local usado por índios como pedágio ilegal. Policiais de forças federais e estaduais buscam pelos três desaparecidos: Aldeney Salvador (funcionário da Eletrobras), Luciano Ferreira (representante comercial) e Stef de Souza (professor). (Com informações da Folha de S. Paulo).

(Visited 3 times, 1 visits today)

Close