0 Shares 188 Views

Feira da Louça segue até domingo, em Campo Largo

11 de setembro de 2013
188 Views

23ª edição do evento movimenta capital da louça com mostra da produção local

O Polo Cerâmico da “Capital da Louça” Campo Largo, realiza de 5 a 15 de setembro, no Ginásio da Rondinha – BR 277 – KM 20, sua tradicional e esperada Feira Nacional da Louça, que neste ano chega a 23ª edição e 14ª edição da Feira de Decoração, Artesanato e Produtos para o Lar.

A mostra é uma organização do Sindilouça/PR e do APL-Arranjo Produtivo da Louça, conta com o patrocínio da Prefeitura Municipal de Campo Largo, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, FIEP – Federação das Indústrias do Paraná, SENAI, SESI, Sistema Fecomércio, Compagas, Caixa Econômica Federal, FMM Engenharia, e também conta com o apoio da Incepa, Cocel e Eletrobala.

Desde a primeira edição, em 1991, a Feira da Louça tornou-se a grande vitrine para o setor e um indispensável cartão de visitas para quem quer conhecer o melhor da produção paranaense e brasileira de porcelanas, cerâmicas, pisos e revestimentos. A mostra consolidou-se como a primeira feira do setor aberta ao varejo, nesta edição, os organizadores esperam receber nos 10 dias do evento, cerca de 50 mil visitantes, entre eles turistas de outros estados, diversas cidades paranaenses, moradores de Curitiba e Região Metropolitana.

São 40 expositores que apresentarão na mostra o que há de mais moderno em design e os últimos lançamentos da indústria da louça, tudo reunido num só espaço. Os visitantes encontrarão produtos a preços de fábrica como: jogos de jantar e café de porcelanas, grés e cerâmicas, além de peças de decoração e riquíssimo artesanato local. A famosa ponta de estoque é sucesso em todas as edições da feira e o visitante também pode encontrar peças de reposição e mais opções de louças na linha gourmet, hoteleira, e outros.

Economia e Geração de Empregos
A cadeia produtiva da louça gera 14 mil empregos diretos e indiretos através das 35 empresas (grandes, médias e pequenas empresas) que formam do polo-cerâmico de Campo Largo. A base da economia do município gira em torno das indústrias cerâmicas, o setor é responsável por mais de 50% da arrecadação de ICMS do município, consome 51% da energia distribuída pela Cocel (distribuidora do município), queima mais de 120 mil metros cúbicos de gás natural diariamente.

Estes números torna o polo-cerâmico de Campo Largo, líder nacional em produção do setor, as indústrias instaladas fabricam 90% das porcelanas brancas de mesa nacional, 83% das porcelanas da América Latina, 40% das cerâmicas de mesa nacional, 40% das cerâmicas para eletromecânica e ainda 14 milhões de metros quadrados de pisos e revestimentos ao ano.

Produção e exportação
A produção anual estimada do segmento chega a 110 milhões de peças, deste total, 25% a 40% são exportados para os mercados da Europa, Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Caribe, México e Mercosul. A louça produzida pelas indústrias campolarguenses é artesanal, o que lhe confere beleza e qualidade, com o devido reconhecimento mundial.

Serviço:
23ª Feira da Louça de Campo Largo
Local: Ginásio da Rondinha – BR 277 – KM 20 (ao lado da Igreja São Sebastião)
Valor da entrada: 3,00 Reais
Entrada livre: Idosos (acima de 60) e crianças até 12 anos.
Horário: Sábados/Domingos das 10 às 22 horas
Horário nos dias úteis: das 14 às 22 horas
Praça de Alimentação: lanchonetes com comidas típicas

Mais notícias para você: