Escrito por 17:12 Brasil, Gleisi Hoffmann, Sobre quem

É perseguição porque falo de Gaievski, diz blogueiro censurado por Gleisi

É perseguição porque falo de Gaievski, diz blogueiro censurado por Gleisi

O jornalista Ucho Haddad, editor do blog ucho.info, divulgou neste final de semana um texto onde diz que é vítima de perseguição de Gleisi Hoffmann (Casa Civil). A ministra teria se incomodado com um post relatando sua articulação para fosse aprovado um projeto que prevê a transferência à rede convencional de ensino a educação de jovens e adolescentes com necessidades especiais.

O assunto foi abordado por vários veículos, como a Folha de S. Paulo e compartilhado milhares de vezes nas redes sociais. Porém, Gleisi escolheu processar Ucho que teve de retirar a publicação do ar, publicar uma resposta e ainda responder ao processo.

“Gleisi se incomodou com a repercussão da minha matéria no estado, onde o site tem grande e crescente universo de leitores, e decidiu processar-me, mas não faz o mesmo com a Folha, o que caracteriza perseguição”, relata o jornalista.

A tentativa de o calar Ucho teria como o pano de fundo a divulgação de notícias sobre o caso envolvendo o ex-assessor de Gleisi, Eduardo Gaievski, preso e acusado do estupro de 23 meninas menores de idade

“Esse comportamento de Gleisi Hoffmann, a ainda ministra que em breve engrossará a fila da degola presidencial marcada para dezembro, mostra que na verdade ela não se incomodou com a notícia sobre a desestabilização das Apaes, mas, sim, com as matérias que temos publicado sobre a nomeação de um pedófilo contumaz para cargo de confiança na Casa Civil”, diz.

Na ação, os advogados de Gleisi alegam que Ucho – que amntem o site independente há 12 anos – trabalha a serviço de partidos políticos. “Terão de de provar que estou a serviço de partidos políticos que fazem oposição ao PT, sob pena de se tornar alvo de processo de indenização”, completa.

(Visited 1 times, 1 visits today)
Close