0 Shares 238 Views

Claudia Pereira anuncia reforma de Cras em Foz

16 de agosto de 2013
238 Views

Os Centros de Referência da Assistência Social (Cras), de Foz do Iguaçu, terão suas estruturas físicas reformadas. As obras vão adequar os espaços as normas de operacionalidade de atendimento do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), do Governo Federal, anunciou a secretária de Assistência Social, Claudia Pereira.

Os programas municipais, cofinanciados do MDS, Centro Pop e o Programa Mão Amiga, também serão ampliados. Os projetos estruturais serão realizados pela Secretaria Municipal de Obras, seguindo as normas federais. A Secretaria Municipal de Assistência Social irá monitorar todo o processo.

“Temos a possibilidade de preparar os projetos dentro das exigências, das diretrizes federais do MDS. Para dar a Foz do Iguaçu o que a assistência social exige, para um bom atendimento dos usuários”, explicou Claudia.

Hoje a cidade conta com quatro Centros de Referências da Assistência Social. Eles estão localizados na região da Vila C (norte), Porto Meira (Sul), Morumbi (Leste) e Três Lagoas (Nordeste). Juntos realizam cerca de 1,5 mil atendimentos/mês – este número varia de acordo com a época do ano. Os CRAS são responsáveis pela inclusão dos cidadãos aos meios federais de ajuda; como o Programa Federal Bolsa Família, BPC – Benefício de Prestação Continuada, Minha Casa Minha Vida, entre outros. Seus serviços são de proteção básica, isso quer dizer uma ajuda às pessoas com vínculos familiares.

Já os programas municipais, cofinanciados do MDS, Centro Pop e Mão Amiga atendem moradores de rua, atuam 24 horas e realizam a abordagem social. O atendimento é direcionado àquelas pessoas que perderam o seu vínculo familiar.

Cofinanciamento da assistência social – o Sistema Único de Assistência Social (Suas) organiza a execução da Política Nacional de Assistência Social (PNAS) de forma descentralizada e cofinanciada pela União, Distrito Federal, estados e municípios.

Mais notícias para você: