PT deve virar linha auxiliar para não desaparecer

PT deve virar linha auxiliar para não desaparecer

Claudio Humberto

Com pesquisas internas apontando que a tendência é o PT sofrer nas eleições municipais de 2016 a maior derrota desde a sua fundação, a cúpula do partido ouviu de Lula a orientação de começar a negociar alianças para “humildemente” se transformar na linha auxiliar em coligações partidárias. O PT pretende assumir o papel meramente de coadjuvante, desempenhado hoje por aliados como PMDB, PP e PR.

Em sua nova fase “humilde”, tipo “paz e amor”, o PT vai se preparar para postular no máximo o lugar de vice, nas chapas para prefeito. As pesquisas só foram apresentadas a três dirigentes do PT e a Lula – o que pode explicar o nervosismo dele, em suas últimas aparições. O PT somente tentará assumir a cabeça de chapa, nas eleições do próximo ano, em municípios onde não haja risco de derrota. O PT tentará retomar a defesa dos bons costumes políticos e, ao contrário da sua atitude no mensalão, promete expulsar os corruptos.


 
 

1 Comentário

  1. Em bom português, que se vão os anéis e fiquem os dedos.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.

© 2017 Boca Maldita

Layout por Poolbliq ComunicaçãoUp ↑