por 13:30 Sem categoria

PDT não se entende

Há algo de estranho nas relações entre o senador Osmar Dias – presidente do PDT estadual – e o vereador Jorge Bernardi – presidente do partido na capital. Enquanto Osmar sempre declara apoio à administração de Beto Richa e renova constantemente seu apreço pelo prefeito de Curitiba, Bernardi distribui release manifestando descontentamento com a falta de representatividade do partido na administração municipal." Confira a íntegra da nota da coluna Bastidores do www.horahnews.com.br e em Reportagens.

por 09:23 Sem categoria

“PDT não se entende

"PDT não se entende

Há algo de estranho nas relações entre o senador Osmar Dias – presidente do PDT estadual – e o vereador Jorge Bernardi – presidente do partido na capital. Enquanto Osmar sempre declara apoio à administração de Beto Richa e renova constantemente seu apreço pelo prefeito de Curitiba, Bernardi distribui release manifestando descontentamento com a falta de representatividade do partido na administração municipal.

O constrangimento para Osmar é grande, revela um deputado do PDT. Segundo ele, é a segunda vez que o diretório curitibano cria “problemas” para a executiva estadual. “Em janeiro chegaram a lançar um candidato à Prefeitura, contrariando orientação do partido que havia decidido pelo apoio integral ao Beto”, lembrou ele.

De acordo com o material divulgado pela assessoria de imprensa do diretório curitibano, Beto teria se comprometido a incluir integrantes do partido em sua equipe e, ainda, aplicaria alguns tópicos do programa pedetista. Os participantes do diretório curitibano vão ainda mais longe. Dizendo-se “insatisfeitos com o ‘desprezo do prefeito’”, querem que Beto Richa compareça na próxima assembléia ordinária do partido para “comentar o assunto”.

A postura do diretório curitibano em relação ao prefeito é no mínimo estranha. Sabe-se que há na administração municipal várias pessoas ligadas ao PDT, bem diferente do que diz a nota encaminhada a imprensa. Na sexta-feira passada, o senador Osmar Dias visitou Beto Richa na Prefeitura. Os dois conversaram por mais de duas horas. Osmar reforçou, em vários momentos, o apoio do partido a Beto, inclusive em uma eventual candidatura de reeleição.

Nos bastidores comenta-se que os ataques do PDT curitibano tem outro alvo. Visam constranger apenas o próprio senador Osmar Dias. “Parece que o Jorge (Bernardi) não perdoa o Osmar por ter perdido a eleição. Por conta disso, ele perdeu a chance de ir para Brasília, já que é suplente do senador”, comentava ontem um atento observador da cena política."

Da coluna Bastidores nesta quarta-feira (7) no www.horahnews.com.br

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com