por 18:49 Sem categoria

PUGLIESI APONTA AS DUAS TAREFAS DO PMDB: REQUIÃO PRESIDENTE E PESSUTI GOVERNADOR

A convenção estadual do PMDB realizada nesta segunda-feira (14) em Curitiba já definiu duas tarefas ao partido, na avaliação do presidente Waldyr Pugliesi. “Temos duas pré-candidaturas, uma ao Governo do Estado, que é a pré-candidatura do companheiro (Orlando) Pessuti, atual vice-governador. A outra tarefa é no sentido de nós concretizarmos a pré-candidatura à Presidência da República do companheiro Roberto Requião, governador do Paraná”.

“Os companheiros do Brasil, de muitos diretórios lançaram a pré-candidatura do Requião à presidência. Fiz o registro desta determinação partidária na direção nacional”, completou Pugliesi ao abrir a convenção estadual dependências do Restaurante Dom Antônio no bairro Santa Felicidade.

LEIA MAIS

por 18:44 Sem categoria

PUGLIESI APONTA AS DUAS TAREFAS DO PMDB: REQUIÃO PRESIDENTE E PESSUTI GOVERNADOR

A convenção estadual do PMDB realizada nesta segunda-feira (14) em Curitiba já definiu duas tarefas ao partido, na avaliação do presidente Waldyr Pugliesi. “Temos duas pré-candidaturas, uma ao Governo do Estado, que é a pré-candidatura do companheiro (Orlando) Pessuti, atual vice-governador. A outra tarefa é no sentido de nós concretizarmos a pré-candidatura à Presidência da República do companheiro Roberto Requião, governador do Paraná”.

“Os companheiros do Brasil, de muitos diretórios lançaram a pré-candidatura do Requião à presidência. Fiz o registro desta determinação partidária na direção nacional”, completou Pugliesi ao abrir a convenção estadual dependências do Restaurante Dom Antônio no bairro Santa Felicidade.

“Ontem (domingo, 13) mesmo, Requião esteve em São Paulo e os companheiros de lá se comprometeram a trabalhar a candidatura dele. A mesma coisa aconteceu no Rio Grande do Sul e Santa Catarina e pelo Brasil afora. São estas tarefas que nós vamos ter, a consolidação das candidaturas dos companheiros do PMDB”, completou.

SEM VALOR – Em entrevista à imprensa, Pugliesi afirmou que o PMDB do Paraná não reconhece o pré-acordo firmado por membros da direção nacional, para o partido indicar a vice da candidatura do PT. “Isto foi a intenção de alguns membros do PMDB e não tem valor nenhum. É a mesma coisa que eu sair daqui fazer um empréstimo num banco, no seu nome. Ah, mas não autorizei… Então nós não autorizamos acerto nenhum do PMDB com a candidatura da Dilma Rousseff”.

“Outro dia até falei da tribuna da Assembleia, mas porque não a ministra Dilma Rousseff ser candidata à vice do Requião?”, informou. O presidente lembrou que o PMDB é o maior partido do Brasil com o maior número de governadores, senadores, vice-governadores, deputados estaduais e federais, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

“Então somos a maior organização partidária, temos uma grande capilaridade de organização em todo o Brasil. O que meia dúvida conversa sem nenhum valor. O que manda é uma decisão coletiva da maioria dentro das convenções”, completou. Pugliesi citou a própria situação para exemplificar a situação. “Não posso me arvorar presidente do partido se não for eleito aqui hoje. Os companheiros têm todo direito de eleger quem eles bem entenderem”, frisou.

Em relação ao Paraná, o presidente não descartou a possibilidade do PT indicar um vice do PMDB na sucessão do governador Roberto Requião. “Isto depende do PT e depende da companheirada nossa também. Acho que uma parceria deve ser construída atendendo os objetivos e os interesses de ambas organizações partidárias. Se isto é bom para o PT, é bom para o PMDB e contempla o interesse público, porque não?”, concluiu.

Fechar