por 23:00 Sem categoria

Oposição impede reajuste de servidores do estado, diz Romanelli

Três emendas instrumentalizadas pela oposição obstruíram a pauta nesta quinta-feira (10) na Assembléia Legislativa e impediram a votação, em segunda discussão, do reajuste proposto pelo governador Roberto Requião aos servidores públicos estaduais. Dessa forma, o projeto de lei voltou a CCJ e deve ser votado em terceira discussão na próxima terça-feira (15). O reajuste variável entre 3.14% a 30,24% atende os 207 mil servidores públicos estaduais. “São emendas demagógicas que obstruiu a votação. A oposição propôs um acordo desde acatássemos, por exemplo, a emenda que prevê a anistia das faltas dos servidores da saúde. Isso é inadmissível, inconstitucional, uma medida administrativa que não pode interpor ao reajuste dos servidores”, disse o líder do Governo, Luiz Claudio Romanelli (PMDB) em relação à emenda proposta pela deputada Rosane Ferreira (PV) que abona a falta dos servidores de saúde nos dias 29 e 30 de março. Outros detalhes da sessão em Reportagens.

Fechar