Arquivos

Categorias

“Indústria de transformação está sendo dizimada”, afirma presidente Abimaq

“Indústria de transformação está sendo dizimada”, afirma presidente Abimaq

Hora do Povo

As vendas da indústria de máquinas e equipamentos caíram 14,5% de janeiro a julho deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. O faturamento bruto real do setor foi de R$ 40.683 bilhões em julho, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) na terça-feira (26).

Segundo a entidade, apenas no mês de julho o setor faturou R$ 5,746 bilhões, uma queda de 6,1% frente a junho. Na comparação com julho de 2013, o faturamento bruto real registrou recuo de 20,3%.

Para o presidente da Abimaq, Carlos Pastoriza, o desempenho reflete a pior crise do setor dos últimos 20 anos. “O faturamento em julho do ano passado já foi muito ruim. O resultado desse ano é pior que o menor resultado da crise, no início de 2009 e é o pior dos últimos 20 anos. Estamos no fundo do poço”, disse Pastoriza.

Segundo ele, o problema não é somente do setor de máquinas e equipamentos. “É um problema do País”. “Estamos deixando de ser indústria e sendo fornecedores de serviços de menor valor agregado. A indústria da transformação está sendo dizimada no País. Esse segmento está em um processo de desindustrialização, que não é clássica. É de uma maneira silenciosa. Passamos de indústria para montadoras, e no limite, para importadoras. Esse fenômeno não está sendo captado nem pelo IBGE. A ponta desse iceberg está começando a aparecer no PIB e na balança comercial”, enfatizou.

Pastoriza ressaltou que é preciso combater o “tripé do mal”: juros altos, câmbio desfavorável e altos impostos.
O Nível de Utilização da Capacidade Instalada também está em queda e fechou julho em 75,1%, 0,8 ponto percentual menor do que o mês de junho.

Política, economia, cultura e bom humor no blog do Paraná.