0 Shares 291 Views 1 Comments

Após respostas incompletas, CPI deve convocar diretores da Urbs

19 de julho de 2013
291 Views 1

CP

Lucros, valores e números financeiros foram temas respondidos de maneira evasiva e com nítida dificuldade pelos representantes da Urbs e do Sindicato das Empresas de Ônibus , durante encontro da CPI, na última quinta-feira (18). O vice relator, Valdemir Soares (PRB) já formulou requerimento convidando assistentes financeiros e jurídicos das empresas de ônibus e da Urbs, para comparecer na próxima reunião dia 25, e zerar as dúvidas dos parlamentares que não foram nenhum pouco esclarecidas.

“Não houve resposta satisfatória diante de perguntas pertinentes sobre questões financeiras e legais, eu pedi o balanço dessas empresas que, segundo o Setransp operam no vermelho e tiveram só prejuizo. Ficamos com mais dúvidas”, justifica Soares.

A bilhetagem eletrônica que onera 600 mil reais, à Urbs sem licitação, a compra de 400 ônibus do mesmo fabricante, sem motivo esclarecido, o lucro de empresas, que segundo o representante do sindicato, não existiu e a possível preferência por determinadas empresas no processo licitatório foram alguns dos questionamentos, que multiplicaram mais dúvidas aos parlamentares.

Segundo o representante do Setransp, mais de 25 milhões de passagens são contabilizadas por mês, e o valor que voltada tarifa técnica vai para as empresas “cobrirem somente custos”. As respostas sem embasamento e sem apresentação de nenhum documento comprobatório foram insuficientes. “Não é suficiente só rebater as afirmações do prefeito Gustavo Fruet de que não existiu a sonegação do ISS, queremos transparência”, pontuou Valdemir Soares.

As multas aplicadas pela Urbs às empresas de ônibus, o valor descontado dos funcionários e o destino dessa arrecadação, além dos números das multas aplicadas no período de janeiro a dezembro de 2012, também foram interrogações não esclarecidas. Os números relacionados às multas foram entregues ao sub-relator da CPI, porém com infrações de excesso de velocidade entre outras, calculados em quilômetros e não em reais, faltando detalhes de informações.

Mais notícias para você:



One Comment

  1. preço justo por eixo 0,70 r$ carros,1 r$ carretas…praça d pedágio no minimo 300 km d distância uma da outra,pois já pagamos IPVA para as estradas(sempre com melhorias e boas condições d rolagem)——————————-MAIORIDADE PENAL PARA O CRIME(COMETEU COM 9 ANOS PUNA-O,COM 11 PUNA-O,CASO A CASO)SE LUTARMOS PELA D 14 ANOS DAQUI 2 ANOS ESTAREMOS NA RUA….derrubamos a PEC 37 FALTA A 33( E AINDA Á MUITA LUTA)punição aos condenados do mensalão já(enquanto político não for punido estaremos andando de marcha ré)….não estamos contra este ou aquele partido,é o sistema…temos 30 partidos, q nas eleições fazem coligação d 10,12 partidos e ficam em conchavam em leis q só os favorece….nos desvios d dinheiro público,(saúde, educação, transporte, pedágio,obras super faturadas, etc…)…….vamos as ruas e não as urnas(NÃO REELEJA NINGUÉM,OU VOTE EM CANDIDATO Q NUNCA FOI POLÍTICO)…condenados do mensalão não podem ficar em punes….ai começaremos a mudar…..não somos contra o brasil,somos contra o sistema político corrupto q nos administra……suspensão da bolsa copa já……não precisa importar médicos temos q dar condições melhor para os nossos…….maior transparência nos investimentos e fiscalização severa com punições reais…qm cuida da saúde pública não pode ter plano d saúde,nem qm cuida da segurança púb. tem q ter seg. privada e qm cuida da educação púb. não pode estudar em escola privada…
    políticos brasileiros;-ainda não estenderam??? estamos fartos d mentiras;;;;…… para um brasil melhor… amanhã será maior…

    Reply

Deixe um comentário

Your email address will not be published.