por 08:10 Sem categoria

VISITAS DIAGNOSTICAM SUPERLOTAÇÃO EM DELEGACIAS DA REGIÃO CENTRAL DO PARANÁ

A comitiva de dirigentes do Sinclapol (Sindicato das Classes Policiais Civis do Paraná) percorreu, nesta segunda-feira (6) quatro municípios paranaenses inclusos no roteiro de viagens pelas delegacias de polícia do Estado. O grupo esteve nas cidades da Lapa, Cantagalo, Laranjeiras do Sul e Guarapuava.

O objetivo é fazer um diagnóstico da atual situação das carceragens no Paraná, com base em informações coletadas durante as visitas de inspeção. O material servirá para a produção de um vídeo institucional, registro fotográfico, documental e coleta de depoimentos.

O relatório será aplicado para divulgar os casos de superlotação das celas das delegacias à imprensa, autoridades públicas e sociedade civil organizada. 

“Será uma forma de pressionarmos novamente o governador Orlando Pessuti (PMDB) a recebermos em audiência para tratarmos da questão do envio do anteprojeto do Novo Estatuto da Polícia Civil à Assembleia Legislativa, evidenciando a atual situação precária das carceragens no Paraná”, destacou André Gutierrez, presidente do Sinclapol.

LEIA MAIS

Siga o blog no twitter

por 08:08 Sem categoria

VISITAS DIAGNOSTICAM SUPERLOTAÇÃO EM DELEGACIAS DA REGIÃO CENTRAL DO PARANÁ

VISITAS DIAGNOSTICAM SUPERLOTAÇÃO EM DELEGACIAS DA REGIÃO CENTRAL DO PARANÁ

A comitiva de dirigentes do Sinclapol (Sindicato das Classes Policiais Civis do Paraná) percorreu, nesta segunda-feira (6) quatro municípios paranaenses inclusos no roteiro de viagens pelas delegacias de polícia do Estado. O grupo esteve nas cidades da Lapa, Cantagalo, Laranjeiras do Sul e Guarapuava.

O objetivo é fazer um diagnóstico da atual situação das carceragens no Paraná, com base em informações coletadas durante as visitas de inspeção. O material servirá para a produção de um vídeo institucional, registro fotográfico, documental e coleta de depoimentos.

O relatório será aplicado para divulgar os casos de superlotação das celas das delegacias à imprensa, autoridades públicas e sociedade civil organizada. 

“Será uma forma de pressionarmos novamente o governador Orlando Pessuti (PMDB) a recebermos em audiência para tratarmos da questão do envio do anteprojeto do Novo Estatuto da Polícia Civil à Assembleia Legislativa, evidenciando a atual situação precária das carceragens no Paraná”, destacou André Gutierrez, presidente do Sinclapol.   

Segundo o dirigente, as visitas iniciais já constataram irregularidades e a superlotação dos cárceres em algumas delegacias. “Para você ter ideia, em uma das delegacias há uma cela como 28 presos num espaço apropriado para oito pessoas. Além disso, a delegacia conta com apenas um policial para cuidar dos detidos”, disse Gutierrez.

Outro agravante é que os policiais civis têm desvio de função porque cumprem uma atividade de responsabilidade do sistema penitenciário. “Não é responsabilidade dos policiais cuidarem de presos condenados, o que acaba os sobrecarregando e causando desvio de função”, completou.

A “expedição” da comitiva de dirigentes do Sinclapol segue ainda para a região centro-oeste do Paraná, nos próximos dias.  Outro grupo visitará as delegacias do litoral e Região Metropolitana, com a finalidade de fazer um verdadeiro raio-x  do problema.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com