por 11:15 Sem categoria

UMA BANANOSA DE R$ 4,5 MILHÕES EM FOZ

UMA BANANOSA DE R$ 4,5 MILHÕES EM FOZ

Foto reprodução: Impacto Paraná que chegou esta sexta-feira (15 de maio) em todas as bancas do Estado.

por 11:11 Sem categoria

UMA BANANOSA DE R$ 4,5 MILHÕES EM FOZ

Do Impacto Paraná desta sexta-feira (15 de maio):

O prefeito de Foz do Iguaçu, Paulo McDonald, complicou-se no Tribunal de Contas do Estado, ao ter sido flagrado por uma inspeção que detectou irregularidades que levaram a um possível prejuízo nos mais de R$ 4,5 milhões aplicados nas obras de construção do Hospital Municipal de Foz. Os técnicos do TCE apuraram que os recursos repassados pelo Governo do Estado, por meio do Fundo Estadual de Saúde, foram mal aplicados.

As desculpas do prefeito não foram aceitas e o caso foi parar na prestação de contas do município por obra e graça do conselheiro Caio Soares, que não se sabe por qual motivo aliviou e jogou para as calendas a punição do prefeito. Ainda não se tem idéia de quando as contas relativas ao ano de 2006, período em que foram constatadas as irregularidades, será levada a julgamento juntamente com o relatório de inspeção.

De acordo com material colhido junto ao TCE, o prefeito de Foz do Iguaçu dormiu no ponto e foi atropelado pelos fatos. Depois, quis recuperar o tempo perdido e se deu mal, pois pode ainda ser multado e encaminhado ao Ministério Público para se explicar. Segundo o relato técnico, o prefeito contratou sem licitação e com justificativas completamente furadas uma empreiteira para realizar o trabalho de construção emergencial do Hospital Municipal de Foz do Iguaçu.

Clique aqui ou sobre a foto reprodução para ver a imagem em alta resolução.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com