0 Shares 163 Views

Servidores prometem greve geral para Fruet

14 de fevereiro de 2014
163 Views

1402greve

O insatisfação é geral entre os servidores municipais de Curitiba que ameaçam com uma greve geral em todas as áreas da prefeitura. “Uma greve geral dos servidores de Curitiba, no primeiro semestre. Todas as áreas, segurança, saúde, educação, urbanismo, todos os servidores municipais de Curitiba”, disse a coordenadora do Sismuc, Ana Paula Cozzolino.

Os servidores estiveram com Fruet e adicionaram na pauta de reivindicações 5 itens: plano de carreira, combate à terceirização, valorização salarial, melhoria das condições de trabalho e um novo modelo de gestão. Ana Paula diz que alguns itens da pauta já tinham sido levados para a negociação no ano passado, mas não foram atendidos.

O Sismuc reclama da falta de atenção com os servidores e Fruet é incapaz de avançar em qualquer tópico das reivindicações. O prefeito insiste no ‘migué’ que não tem “dinheiro”.

“Infelizmente alguns itens se repetem na pauta, que a questão dos pisos por níveis e o avanço real no plano de carreira.A prefeitura aponta alguns impedimentos entre eles financeiros, mas Curitiba tem o quarto maior PIB do país e entre as cidades da região metropolitana, inclusive municípios pequenos e novos tem um piso muito maior que o de Curitiba, então, temos sim condições de avançar”, disse Ana Paula.

A categoria deixa seu alerta. “Esperamos haja avanços reais e concretos para os servidores, pois a nossa saída, caso isso não ocorra, é uma greve em Curitiba. Uma greve geral dos servidores de Curitiba, no primeiro semestre. Todas as áreas, segurança, saúde, educação, urbanismo, todos os servidores municipais de Curitiba” ameaçou.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.