Saúde de Foz do Iguaçu amplia vacinação para pessoas com 63 anos ou mais; Confira

Foto: Christian Rizzi

A Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu amplia a vacinação contra a Covid-19 para pessoas com 63 ou mais, a partir deste sábado (17). O agendamento pode ser feito no site da Prefeitura de Foz do Iguaçu, pelo link (clique aqui), disponível a partir das 15h desta sexta-feira (16).

O sistema de agendamento permite escolher a data, o horário e o local de vacinação mais próximo de casa. A aplicação das doses será em 20 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e na sede da Vigilância em Saúde, que funcionarão das 8h às 17h neste sábado para a imunização.

A retomada da campanha de vacinação em Foz foi possível devido ao recebimento de 5.505 doses, que serão direcionadas para 5.015 idosos, 340 trabalhadores da saúde e 150 profissionais das forças de segurança. Ao todo, o Estado recebeu 368.050 doses de vacinas nesta quinta-feira (15).

“Estávamos no aguardo desta nova remessa, com nossas equipes da Vigilância Sanitária e da Atenção Primária do município preparadas para fazer a vacinação. O sistema de agendamento e a vacinação nas UBSs foram estratégias adotadas para que esse processo ocorresse de forma tranquila e ágil”, explica a secretária municipal de Saúde, Rosa Jeronymo.

Ela reforça que as pessoas que não possuem acesso à internet ou tiverem dificuldade em fazer o agendamento on-line podem buscar a unidade de saúde mais próxima ou ligar nos telefones (45)  2105-1105/1106/1120 para marcar a data e horário da aplicação da dose.

Com este novo lote, o Paraná ultrapassa 2,8 milhões de doses recebidas do Ministério da Saúde desde o início do ano e pode dar prosseguimento à aplicação das doses nos grupos prioritários definidos no Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19.

Comparecimento

No dia da vacinação, é necessário levar os documentos pessoais (RG e CPF), cartão SUS (quando possuir) e um comprovante de residência. A Secretaria de Saúde reforça que pessoas com febre moderada ou grave, ou com sintomas de Covid não devem se vacinar. Quem teve diagnóstico confirmado da doença deve esperar no mínimo 30 dias após a data do primeiro sintoma ou do resultado do exame RT-PCR para receber a imunização.

Locais de vacinação

As doses serão aplicadas nos seguintes locais:
– Sede da Vigilância em Saúde, na Vila Iolanda;
– Distrito Nordeste: UBS Sol de Maio, Três Lagoas, Três Bandeiras e Lagoa Dourada;
– Distrito Norte: UBS AKLP, Jardim Curitibano, Porto Belo e Vila C Nova;
– Distrito Leste: UBS Campos do Iguaçu, Morumbi III, Portal da Foz e Jardim São Paulo 2;
– Distrito Oeste: UBS Vila Adriana, Jardim América, Parque Presidente e Maracanã;
– Distrito Sul: Ouro Verde, Profilurb I, Vila Carimã e Padre Monti

Assessoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Governo investe R$ 34,5 milhões e abre leitos de UTI pediátrica e neonatal em Foz do Iguaçu

O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, assinaram nesta sexta-feira (3) o novo contrato entre o Estado e o Hospital Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu, ampliando o repasse mensal de R$ 2,8 milhões para R$ 3,4 milhões, o que garante a abertura de novos leitos de UTI neonatal e pediátrica.

“Essa parceria do Estado com a prefeitura para ampliação de leitos faz parte da estratégia do Governo do Estado de fortalecimento da Saúde regionalizada, para que os pacientes não precisem se deslocar por horas para serem atendidos, trazendo o serviço mais perto das pessoas”, afirmou o governador.

O documento tem validade de 60 meses e representa um investimento de mais de R$ 34,5 milhões do Governo no Estado no atendimento materno-infantil da região Oeste. Ao todo, nove novos leitos serão custeados com este recurso, sendo cinco de UTI pediátrica e quatro de UTI neonatal, que se somam a outros oito leitos já financiados pelo Estado.

“Firmamos hoje um acordo muito importante, investindo na atenção materno-infantil e resolvendo essa necessidade antiga da população. O hospital assume agora estes leitos para suprir a demanda não só de Foz do Iguaçu, mas de outros municípios da região, atendendo crianças e recém-nascidos perto de suas casas”, disse Beto Preto.

O hospital é referência no atendimento de crianças e recém-nascidos em Foz do Iguaçu, além de ser considerado o 3º melhor hospital do Sul e um dos melhores hospitais do Brasil.

“Este incremento traz um reforço financeiro para ampliação e contratação destes leitos, colocando este serviço à disposição da população e aumentando a capacidade de atendimento da nossa Região”, disse o diretor-superintendente da unidade, Fernando Cossa.

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, agradeceu o apoio do Estado com a ampliação do atendimento na cidade. “Quando investimos em Saúde estamos preservando a vida. O que o Governo do Estado está fazendo por Foz do Iguaçu é olhar para a população e pensar nas pessoas, por isso agradecemos por essa parceria na construção de um modelo de regionalização para que nossos pacientes sejam atendidos em nossa Região”, disse.

 

Pegou mal: vereador desiste de homenagem a Sarney em Pato Branco

Não será desta vez que o ex-presidente José Sarney será homenagem em Pato Branco. Após grande repercussão, o projeto para conceder ao maranhense a “Medalha de Honra ao Mérito Pato-branquense” o foi retirado de pauta a pedido do autor, o vereador Marcos Jr. Marini.

Na justificativa, Marini explicava que, quando Sarney era Presidente da República, foram os que viabilizaram as condições políticas para que fosse instalada uma Unidade de Ensino Descentralizada (UNED) do Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET) para Pato Branco. “Foi uma luta árdua com municípios maiores, mas que se tornou realidade pela capacidade e representatividade política do município naquele momento”, relava o projeto de lei.

Após passar pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Pato Branco, o projeto aguardava a segunda votação em Plenário. Além ao autor Marcos, que é do Podemos, a homenagem a Sarney foi apoiada pelos vereadores Maria Hamera (PV), Joecir Bernardi (PSD), Dirceu Boaretto (Podemos), Eduardo Dala Costa (MDB), Joecir Bernardi (Lindomar Brandão (DEM) e Thania Chaminski (DEM).