por 14:04 Sem categoria

REQUIÃO CONVOCA MILITÂNCIA PARA ARRANCADA DE MOREIRA

REQUIÃO CONVOCA MILITÂNCIA PARA ARRANCADA DE MOREIRA

O governador Roberto Requião reúne nesta quinta-feira (24), às 19h no Clube D. Pedro II, a militância do PMDB para o que chamou de “arrancada do Moreira para prefeitura de Curitiba”. “O Moreira é um obstinado e está com uma vontade danada de ser prefeito de Curitiba. Sua proposta de governo é bem elaborada, tem sensibilidade e clareza. Traz novamente as políticas de combate à pobreza e as de geração de emprego. E coloca a educação e a saúde como principais prioridades. O Moreira está determinado e essa determinação será levada à prefeitura de Curitiba”, disse Requião sobre o candidato do PMDB a prefeito de Curitiba e número 15 na urna eletrônica.

Requião sustenta que Curitiba está sem direção e não tem projeto de cidade. “O projeto que tem é o projeto político da promoção, da autopromoção, sustentado por uma propaganda milionária que esconde os investimentos e as obras que o Governo do Estado faz em Curitiba”, completou Requião.

Desde que iniciou sua campanha no dia 6 de julho, Moreira e seu candidato à vice-prefeito, o deputado Cleiton Kielse, cumprem uma maratona de reuniões, encontros e conversas com os moradores de Curitiba e com as lideranças dos movimentos sociais, dos bairros, dos trabalhadores, comerciantes, empresários, técnicos e profissionais das mais diversas áreas: advogados, engenheiros, médicos, professores, enfermeiros.

“Tenho percorrido os bairros de Curitiba ouvindo a comunidade, conversando sobre seus problemas e debatendo soluções viáveis para cada situação. Cada vez que alguém nos procura, sinto que há, realmente, um senso de urgência em cada cidadão em mudar a rotina de Curitiba. Nos últimos dias, estive no Tatuquara, Vila Sandra, Boqueirão, Guabirotuba, Uberaba, Cidade Industrial, Bairro Alto, Vila Oficinas e Sítio Cercado. A realidade dessas comunidades é praticamente a mesma. A reclamação das principais lideranças é única: a prefeitura só tem olhos para os bairros de classe média ou alta”, aponta Moreira

MUDANÇA – As lideranças do PMDB são unânimes ao apontar o desejo de mudança e da melhoria as condições de vida presentes no coração dos moradores de Curitiba. “O Moreira vai trazer o PMDB de volta ao comando de Curitiba. Não se trata apenas de vencer um grupo que há 20 anos se encastela no poder e cujo projeto de cidade, claramente, se esgotou. Trata-se, sobretudo, de propor novas idéias, novos conceitos que vão fazer uma cidade ainda melhor, onde a pessoa seja a prioridade e onde a mesmice dê, novamente, lugar à criatividade”, diz João Arruda, secretário-geral do PMDB do Paraná.

O vice-prefeito do PMDB, Cleiton Kielse, afirma que falta participação popular nas decisões tomadas na prefeitura e o exemplo mais claro disso é o projeto da Linha Verde. “O atual prefeito não quer rediscutir o projeto e a obra está paralisada. O projeto divide Curitiba e região metropolitana em duas partes. Eles afirmam que vão unir Curitiba, porém vão separá-la. Somente o PMDB, com Moreira prefeito, vamos ter uma Linha Verde integrando a cidade e os bairros”, avalia Kielse.

Já o coordenador da campanha de Moreira, Rasca Rodrigues, é mais direto. Diz que Curitiba precisa trocar de prefeito. “Nós precisamos trocar o prefeito dos fantasmas. Os fantasmas das coisas que não acontecem, de propostas e idéias mirabolantes. Precisamos trocar o prefeito do country clube, o prefeito da raquete, do tênis das tardes ensolaradas. Mas precisamos muito mais do que isso. Precisamos do Moreira que tem nas suas propostas, a firmeza e a capacidade de realização”.

Fechar