Written by 8:27 Brasil, Eleições 2014, Policial, Politica • One Comment

Psol acusa Guarda Municipal de Fruet de agredir candidato a vereador

xenia-renato

O Psol acusa a guarda municipal do prefeito Gustavo Fruet (PDT) de agredir o candidato a vereador Renato Freitas. Segundo a candidata a prefeita, Xênia Mello, Freitas foi preso e agredido pela GM. Os advogados do candidato também denunciam que Freitas ficou preso nu em em uma cela. Freitas, segundo relatos do Psol, estava ouvindo música alta em frente a um prédio público e por este motivo foi levado para o 3º Distrito Policial da Polícia Civil.

“Nós do PSOL repudiamos quaisquer atos de criminalização da juventude negra e periférica de nossa cidade, que ocupa as ruas com sua arte. Acreditamos também que é vital a participação popular na gestão da Guarda Municipal, com o objetivo de reagir firmemente contra a violência racista e institucional desta instituição. Precisamos construir uma polícia comunitária, que trabalhe em estreita parceria com os conselhos comunitários de segurança (Consegs) dos bairros”, diz Xênia Mello no facebook.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Close