Escrito por 12:45 Justiça, Norte Pioneiro

Prefeito de ribeirão claro é condenado por uso de bem público em período eleitoral

Compartilhe

O atual prefeito de Ribeirão Claro, Mario Augusto Pereira (PSC), foi condenado pela justiça de Ribeirão Claro por utilizar prédio público para valorizar seu partido, bem como sua campanha à reeleição, durante o período eleitoral. A sentença, proferida pela Juíza da 23ª Zona Eleitoral, Tatiana Monteiro Furtado de Mendonça, foi publicada no dia 3 de agosto e determina que o gestor pague uma multa, no valor de R$ 5 mil.

Em sua defesa, Mario, apresentou a contestação, alegando a suspeição da juíza eleitoral, mencionando que o vereador denunciante que ensejou a representação, convive em união estável com a mesma. Porém, a estratégia do prefeito para se livrar da denúncia não foi bem-sucedida. Afinal, a representação em questão foi proposta pelo próprio Ministério Público Eleitoral, com quem a juíza não possui qualquer relação de parentesco.

 

Leia mais em Tribuna do Vale

Close