0 Shares 298 Views

Policia prende suspeito de matar estudante da Unila em Foz do Iguaçu

17 de março de 2014
298 Views

A Polícia Militar prendeu neste sábado, 15, Jeferson Diego Gonçalves, suspeito de assassinar Martina Piazza, uruguaia que estudava na Unila em Foz do Iguaçu. Gonçalves, de 30 anos, estava em Nova Laranjeiras, foragido desde o dia 10 de março, quando teve decretada sua prisão preventiva. As informações são do G1.

A universitária foi morta no apartamento de amigos que estavam em viagem e o corpo foi encontrado três dias depois. Ela estava cuidando do imóvel. Imagens do circuito interno mostram o momento em que ela e Jeferson sobem as escadas do prédio, por volta das 4h30, em direção ao apartamento. Quase uma hora depois, Jeferson desce sozinho, com a chave do imóvel na mão. Segundo o laudo do IML, a estudante de 26 anos morreu em decorrência de asfixia mecânica provocada por “estrangulamento e enforcamento por fio elétrico”. Ela era estudante do curso de Antropologia e Diversidade Cultural Latino-Americana da Universidade Federal da Integração Latino-Americana.

O suspeito foi abordado enquanto caminhava pela marginal da BR-277 em Nova Laranjeiras. “Ele estava a pé, se comportando de maneira acuada, o que chamou a atenção dos policiais que estavam passando pela marginal da rodovia. Ele foi abordado e disse que estava indo a pé até Paranaguá, no litoral do estado, pagar uma promessa. Checamos o sistema de informações e percebemos que se tratava do suspeito de matar a universitária em Foz. Ele nem reagiu à prisão,” disse ao G1 o comandante da PM, Adão Cecílio.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.