por 17:12 Sem categoria

PMDB reafirma candidatura própria na abertura dos encontros regionais

PMDB reafirma candidatura própria na abertura dos encontros regionais

Quarenta prefeitos dos 49 municípios da microrregião participaram do encontro em apoio à candidatura do vice-governador Orlando Pessuti – deste total, 20 são filiados ao PMDB

Mais de mil prefeitos, vice-prefeitos, deputados, vereadores, presidentes de diretórios municipais, militantes e simpatizantes participaram no início da noite de quinta-feira (11), em Cascavel, da abertura dos 10 encontros regionais que o PMDB fará até meados de março. Durante o evento, coordenado pelo presidente estadual deputado Waldyr Pugliesi, os peemedebistas refirmaram o desejo de lançar candidato próprio ao Governo do Estado nas eleições de outubro de 2010.

Quarenta prefeitos dos 49 municípios da microrregião participaram do encontro. Deste total, 20 são filiados ao PMDB. O vice-governador Orlando Pessuti, pré-candidato do PMDB à sucessão do governador Roberto Requião (PMDB), foi aclamado pelos participantes ao reafirmar sua disposição na candidatura própria do PMDB. “Defendo que partido tenha candidato próprio e é isto que nós peemedebistas do Paraná desejamos”.

Pessuti foi surpreendido com o tema adotado pelos peemedebistas de Cascavel e dos 50 diretórios que compõe a microrregião. “Pessuti, o Oeste está com você”. “Estas manifestações que recebi hoje dão mais força para continuar neste projeto para colocar em prática, a partir de 2011, um plano de governo que vai dar sustentação a todas as políticas públicas de grande alcance social que implantamos junto com o governador Requião nos últimos sete anos”, declarou.

À imprensa, o vice-governador informou que a tônica da eleição será o “novo”. “O povo quer renovar e o novo para o Paraná é o Pessuti. O novo é trazer um governador do interior para administrar o Estado. Nasci em Califórnia, próximo de Apucarana, e me criei em Jardim Alegre ao lado de Ivaiporã. A renovação é o Pessuti”, completou.

LEALDADE – O presidente do PMDB do Paraná, Waldyr Pugliesi, também reforçou a tese de que partido político tem que lançar candidato próprio nas eleições. “Não importa para qual cargo, um partido político só existe se disputar as eleições com candidatos próprios seja para a Câmara de Vereadores, deputado estadual ou federal, prefeito, governador, senador e presidente da República”, afirmou.

Pugliesi lembrou ainda da longa militância junto ao MDB-PMDB. “Comecei minha caminhada política ainda no colégio, defendendo o direito do Brasil explorar o petróleo. Fui um dos fundadores do MDB no Paraná e no Brasil, logo no início da ditadura militar e nesta longa caminhada sempre enfrentei os desafios que tinham que ser enfrentados”.

O presidente está atualmente em seu nono mandato público. Em seu discurso Pugliesi pediu empenho e principalmente lealdade dos peemedebistas. “É muito importante este encontro e a nossa expectativa é das melhores. Não admitimos traições dentro do PMDB. É preciso escolher um lado e esse lado é o do Pessuti”, concluiu.

IDEOLÓGICO – O secretário-geral do PMDB, João Arruda, destacou a agenda de encontros regionais que o PMDB fará até março – serão mais 10, com um extra em Maringá, no Noroeste do Paraná. “O PMDB é um partido com uma ideologia bastante definida. Ele nasceu nos anos de chumbo da ditadura militar e é maior do que o jogo de interesses pessoais. E esta história, esta ideologia, são impossíveis de serem negociadas”, concluiu.

O PMDB do Paraná volta a se reunir no dia 19 em Jacarezinho, dia 25 em Guarapuava, dia 26 em Pato Branco e dia 27 em Ponta Grossa. Em março os encontros estão programados para o dia 4 em Umuarama, dia 5 em Campo Mourão, dia 6 em Londrina, dia 12 no Litoral, no dia 13 em Curitiba e fechando no dia 19 de março em Maringá.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com