por 14:03 Sem categoria

PMDB articula candidatura de Requião

PMDB articula candidatura de Requião

Nesta semana, a seção paranaense da Fundação Pedroso Horta, do PMDB, pretende começar a pôr em prática o “projeto nacional”, destinado a pavimentar o lançamento do governador reeleito Roberto Requião à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2010. Presidente do PMDB de Curitiba e assessor especial do governo para assuntos da capital, Doático Santos disse ontem à reportagem de O Paraná, por telefone, que a idéia é abrir espaço nos estados e junto às demais lideranças nacionais do partido, para a eventual candidatura do governador.

“O projeto nacional prevê nossa articulação junto aos diretórios estaduais para fortalecer a liderança nacional do governador, levando suas idéias e divulgando o trabalho que vem sendo realizado no Paraná”, detalhou Doático, acreditando que os peemedebistas paranaenses terão êxito na tarefa. Motivos, segundo ele, não faltam para que isso aconteça. “Requião é o melhor nome do PMDB para a presidência da República e é um dos quadros na Nação mais preparados para a administração pública”.

O dirigente disse que embora seja cedo para se tratar da sucessão de Lula – afinal tanto o presidente quanto o governador foram reeleitos há menos de um mês, em 29 de outubro, e só darão início aos novos mandatos em 1º de janeiro de 2007 -, a articulação dos peemedebistas paranaenses é muito importante porque a construção de uma candidatura “não se faz da noite para o dia”. “É fundamental ir agregando a esse projeto as lideranças estaduais do PMDB”, ressaltou Doático. 
         
Vetores – O presidente do PMDB da capital disse que além do trabalho que vem sendo realizado pelo governo, a eventual candidatura presidencial de Requião terá como vetor “um forte programa desenvolvimentista para o Brasil, associado a ações na área social”, em conformidade com a linha de atuação que na avaliação do próprio governador, lhe garantiu o novo mandato: gestão pautada pelo interesse público, em contraposição à visão de Estado mínimo da gestão anterior, que teria levado à privatização da Copel, e “a clara opção preferencial pelos pobres”.

(O Paraná)

por 14:02 Sem categoria

PMDB articula candidatura de Requião

Nesta semana, a seção paranaense da Fundação Pedroso Horta, do PMDB, pretende começar a pôr em prática o “projeto nacional”, destinado a pavimentar o lançamento do governador reeleito Roberto Requião à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2010. Presidente do PMDB de Curitiba e assessor especial do governo para assuntos da capital, Doático Santos disse ontem à reportagem de O Paraná, por telefone, que a idéia é abrir espaço nos estados e junto às demais lideranças nacionais do partido, para a eventual candidatura do governador.do O Paraná. Leia matéria completa em Reportagens

Fechar