Palavra livre 0 1

Zé Beto Maciel

com Gustavo Aquino e Francisco Vitelli

Instituto

O prefeito Chico Brasileiro (PSD) afirma que estuda a criação de um instituto nos moldes do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina. A proposta faz parte do convênio assinado com o prefeito Marcelo Belinati (PP), que tornou as duas cidades irmãs na troca de projetos, programas e ações de gestão. O secretário Leandro Costa (Planejamento e Captação de Recursos) está fazendo o estudo.

Bureau de turismo

Outra sugestão é a criação de bureau de turismo para divulgar os atrativos aos moradores das duas cidades e divulgar os destinos nas regiões de Foz do Iguaçu e Londrina.

Compliance

Um projeto já adotado pela prefeitura de Londrina, segundo o secretário de Governo, Alex Canziani, é a criação de fundo para ações de compliance na gestão pública. A projeto de criação do fundo de Foz do Iguaçu, proposta do secretário José Elias Castro Gomes (Transparência e Governança) já foi enviada à Câmara de Vereadores.

Luísa na ONU

O secretário de Governo de Londrina, Alex Canziani, adiantou que a filha, deputada Luísa Canziani (PSD) vai tomar posse na ONU, em Nova York, como representante da América Latina de parlamentares jovens. Luísa tem 25 anos e em 2018 foi eleita para seu primeiro mandato como a deputada mais jovem do Brasil.

Escola no OP
A Assembleia Legislativa aprovou a doação pelo Estado do imóvel ocupado pela Escola Municipal Júlio Pasa. Com a doação, a prefeitura pretende reconstruir a escola, obra escolhida pelos moradores da região central no Orçamento Participativo. Outras duas escolas estão na lista do OP: João da Costa Viana em construção na região de Três Lagoas e Cândido Portinari, com a licitação no prelo no Jardim Petrópolis.

Moradia legal

O Programa Moradia Legal, do Tribunal de Justiça do Paraná, está em andamento em União da Vitória. Mais de 50 famílias já foram visitadas pela equipe que vai regularizar a situação fundiária de centenas de famílias. “Essa era uma demanda que a gente tinha, de pessoas que não tinham recursos para fazer a legalização de suas casas, e o Morar Legal vem de encontro com essa necessidade, e o melhor, sem custo para o município e para o morador”, afirmou o prefeito Bachir Abbas (PP).

Moradia Legal II

Foz do Iguaçu está recebendo mais uma etapa do programa que vai atender agora as famílias das ocupações dos jardins São Paulo I e II. A superintende do Fozhabita, Eliane Anderle, diz que a previsão é de que mais de 300 imóveis, ocupados há mais de 30 anos, nos dois bairros sejam regularizados. Elaine Anderle diz que a expectativa é de que até o fim do ano em toda a cidade mais de 1000 imóveis sejam regularizados.

Parceria

A Fomento Paraná e o Parque Tecnológico de Itaipu farão convênio para estimular o ecossistema de inovação de Foz do Iguaçu e do Oeste do Paraná. A parceria vai apoiar o desenvolvimento de startups e outros empreendimentos inovadores por meio de linhas de crédito e fundos de investimento aos quais a agência de fomente tenha acesso como agente financeiro, gestor ou cotista.

Turismo religioso

O Grupo de Trabalho (GT) de Turismo Religioso vau definir o calendário de atividades que devem alavancar o segmento em 2022. O grupo é coordenado pela Paraná Turismo e tem representantes da Fecomércio e da Abav. As ações devem ser discutidas no próximo encontro do GT, no final do ano, em Foz do Iguaçu, durante o Festival Internacional de Turismo das Cataratas, nos dias 1, 2 e 3 de dezembro.

Ocupação

A expectativa da ocupação dos hotéis, dependendo da categoria, para o feriado de 15 de novembro está na casa de 100%, 99%, 84% e 80%. A rede hoteleira de Foz do Iguaçu tem mais de 30 mil leitos distribuídos em 180 hotéis, hostals e pousadas.

Delegado Jacovos

A coluna não citou ontem o Delegado Jacovos, integrante da bancada do PL na Assembleia Legislativa. Foi um lapso.

Formação

UEL, UEM e UEPG completaram 52 anos de existência e já formaram cerca de 210 mil profissionais. Hoje, mais de 50 mil estudantes estão matriculados nas três universidades estaduais, distribuídos em 171 cursos de graduação e outros 326 de especialização, mestrado e doutorado.

Mac Donald

A filiação de Sergio Moro no Podemos fortalece o grupo político do empresário Paulo Mac Donald Ghisi, que comanda o partido em Foz do Iguaçu.

Empate técnico

Pesquisa do Instituto Recieri Garbelini (IRG) mostra empate técnico entre o presidente Jair Bolsonaro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex- juiz federal Sergio Moro (podemos) em Curitiba. Moro vence Lula e Bolsonaro em cenários de segundo turno. Sem Moro na disputa, Lula vence Bolsonaro em cenário de segundo turno. Eis números: Bolsonaro (28%), Lula (26,6%), Moro (25,9%). Em seguida, nenhum (8,3%), Ciro Gomes (PDT), com 8%; não sabe/não respondeu (1,7%); e João Dória (PSDB), com 1,6%.

Segundo turno

Em segundo turno, Lula (40,9%) vence Bolsonaro (39,2%) e nenhum soma 19,4%. Bolsonaro deve se filiar no PL no dia 22 de novembro. Neste mesmo cenário, Moro (52,1% e 51,6%) vence Lula (33,8%) e Bolsonaro (31,3%). Nenhum somou 13,7% e 16, 1%, respectivamente. O instituto entrevistou 800 eleitores de Curitiba entre os dias 4 e 9 de novembro com grau de confiança correspondente a 95% para uma margem estimada de erro de 3,5%.

Previous ArticleNext Article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bolsonaro vai assinar com TCE cooperação no uso de satélite na fiscalização de obras públicas 0 3


Informação foi confirmada pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, o astronauta Marcos Pontes

O presidente Jair Bolsonaro poderá vir ao Paraná nos próximos dias, para assinatura de um acordo de cooperação com o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) para uso de satélites na fiscalização de obras públicas.

A informação foi confirmada ao presidente do órgão, conselheiro Fábio Camargo, pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, ao justificar o adiamento do ato previsto nesta quarta-feira (24).

A agenda com Bolsonaro, que poderá ser em Curitiba ou em Brasília (DF), será organizada pelo deputado federal Filipe Barros. O parlamentar confirmou o encontro em uma ligação por videoconferência ao lado de Marcos Pontes, revelou o Blog do Zé Beto.

Na conversa, o presidente do TCE-PR aproveitou para agradecer ao ministro e à direção do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) pelo apoio. O uso de satélites pode economizar milhões em recursos públicos, antecipar as fiscalizações e acabar com os pagamentos antecipados de obras não concluídas ou que não estão seguindo os cronogramas de contrato.

Most Popular Topics

Editor Picks

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com