por 18:46 Sem categoria

Osmar Dias falta em 72% das votações do Senado

Osmar Dias falta em 72% das votações do Senado

O relatório das sessões do Senado Federal reforça a indignação de Antonio Roberto Forte, candidato do PSL ao Governo do Estado, demonstrada no debate da TV Bandeirantes. O senador Osmar Dias é um dos campeões de “ausência” nas votações. Das 80 sessões realizadas em 2006, o pedetista esteve presente somente em 24, ou seja, faltou em 72% delas. As ausências se concentraram nos meses de janeiro, fevereiro, maio, junho, julho. Osmar Dias se ausentou de votações importantes como criação do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação), da criação do Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal, da contratação de agentes comunitários de saúde, e da redução das alíquotas do imposto de renda e da CPMF, entre outros.

Gazeou
Osmar Dias também faltou à votação do projeto que aumentou tamanho do lote máximo para usucapião especial para cidades com mais de 300 mil habitantes, uma medida considerada necessária para a propalada reforma urbana defendida pelo PDT.
O senador do Paraná também gazeou o trabalho quando discutia-se um assunto de grande relevância política como as mudanças das regras para edição de medidas provisórias, que seu partido também dá importância desde o tempo de Leonel Brizola.
Faltou na votação da Proposta de Emenda à Constituição que dispunha sobre a contratação de agentes comunitários de saúde por concurso público, que precisou de dois terços dos votos. Isto entre janeiro e fevereiro.

Não fez falta
A falta de Osmar Dias nem foi sentida, tanto que todos os projetos importantes foram aprovados. Não é por acaso que o Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) que há anos dá notas para a atuação dos congressistas não o classifica entre as dez cabeças do Congresso, nem entre os cem mais influentes e nem mesmo entre os mais importantes do PDT. O Diap é generoso e coloca na lista mais de um terço dos senadores. Osmar Dias é enquadrado dentro da bancada ruralista e mais nada mas nem para o setor tem grande importância.

 

 

por 17:32 Sem categoria

Osmar Dias falta em 72% das votações do Senado

O relatório das sessões do Senado Federal reforça a indignação de Antonio Roberto Forte, candidato do PSL ao Governo do Estado, demonstrada no debate da TV Bandeirantes. O senador Osmar Dias é um dos campeões de “ausência” nas votações. Das 80 sessões realizadas em 2006, o pedetista esteve presente somente em 24, ou seja, faltou em 72% delas. As ausências se concentraram nos meses de janeiro, fevereiro, maio, junho, julho. Osmar Dias se ausentou de votações importantes como criação do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação), da criação do Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal, da contratação de agentes comunitários de saúde, e da redução das alíquotas do imposto de renda e da CPMF, entre outros. Leia em breve a matéria completa em Reportagens.

Fechar