Escrito por 16:52 Chico Brasileiro, Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional, Ratinho Junior

Nova Foz já está em construção, diz Chico Brasileiro

Compartilhe

O prefeito Chico Brasileiro (PSD) destacou neste domingo, 30, o conjunto de obras integradas que está sendo realizadas em Foz do Iguaçu com apoio dos governos estadual e federal e da Itaipu Binacional. “É um marco sem igual. Se por um lado a prefeitura faz mais de 200 quilômetros de asfalto e junto com o governo federal, entrega casas para mais de mil famílias, temos as obras estruturantes como a segunda ponte, a duplicação da Rodovia das Cataratas e a reforma e ampliação do aeroporto realizadas com apoio fundamental da Itaipu Binacional”, disse.

“Mesmo com essa luta que estamos travando contra a pandemia da covid-19, as obras não param. Isso significa muito mais que desenvolvimento, são empregados criados em Foz do Iguaçu neste momento difícil que todos nós passamos”, completou Chico Brasileiro.

Nesta última semana, o presidente Jair Bolsonaro e o governador Ratinho Junior lançaram a pedra fundamental das obras de duplicação do trecho de 8 quilômetros da BR- 469, entre o trevo do aeroporto e o portão do Parque Nacional do Iguaçu. “É um dia histórico” afirmou Ratinho Junior (PSD) sobre o empreendimento de R$ 139,4 milhões, custeado pela Itaipu Binacional.

Agradecimento – A duplicação da Rodovia das Cataratas é reivindicada há mais de 20 anos, considerada fundamental para o turismo. A Itaipu vai bancar R$ 136,3 milhões das obras e o Estado fará a licitação e a gestão da obra.

Chico Brasileiro agradeceu o diretor-geral da Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna, o governador Ratinho Junior e disse que Foz do Iguaçu, mais uma vez, confirma o perfil de grande cidade cosmopolita, segura e preparada para o futuro. “Essas obras vão facilitar o turismo e  o desenvolvimento da cidade. Quero agradecer a todos e em especial, ao povo iguaçuense, por juntos termos conquistado tanto!”.

O Estado e a Itaipu, segundo Chico Brasileiro, “estão olhando por Foz”. “Esta nova Foz do Iguaçu, como agora chamo, teve boas surpresas, com o atendimento de reivindicações sonhadas há muitos anos por nossa gente. Graças à sensibilidade e entendimento do governador Ratinho Junior e do diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna”, agradeceu.

Mais obras – Entre as obras desta parceria, Chico Brasileiro cita a nova ponte entre Brasil e Paraguai que ligará a região do Porto Meira à cidade paraguaia de Presidente Franco. “É uma obra, com 30% de sua construção que segue em ritmo acelerado, do governo federal, com gestão do Estado e com os recursos da Itaipu Binacional.

Nas obras da ponte são R$ 463 milhões em investimentos, considerando a estrutura, as desapropriações e a pavimentação da perimetral leste. “É um projeto que estava em discussão há mais de 25 anos e que tiramos do papel em tempo recorde”, disse Ratinho Junior. “Somos responsáveis pela gestão da obra, que é parte do planejamento de melhorar a integração na América do Sul e ampliar o turismo em Foz do Iguaçu” completou.

“Essa nova ponte vai desafogar o tráfego na Ponte da Amizade, trazer mais segurança, benefícios socioeconômicos e mais conforto para todos que passarem pela nossa fronteira. A nova ponte vai trazer mais investimentos e novos negócios, já que a cidade será a porta de entrada e saída de mercadorias e riquezas” reiterou o prefeito.

Já a Perimetral Leste terá 15 quilômetros de extensão, entre a nova ponte e a BR-277. O projeto prevê três trevos, dois deles, um na BR-469 e dois na BR-277, além de três rotatórias. “A via que vai desafogar o tráfego de veículos, principalmente de caminhões, do centro da cidade”.

As obras da nova pista do aeroporto internacional já alcançaram 40%. “O aeroporto tinha uma estrutura acanhada, que não condizia com a importância turística de Foz do Iguaçu. Agora, a capacidade vai aumentar de 2,6 milhões para 5 milhões de passageiros por ano” disse o prefeito.

Hub da América – A nova pista terá 2,8 mil metros, 605 metros a mais que a atual. A primeira parte que inclui a ampliação do pátio de manobras de aeronaves, a duplicação da via de acesso ao aeroporto (ligação entre o terminal e a BR-469) e a implantação de uma nova pista para taxiamento, será concluída já em setembro. A segunda parte do projeto, que inclui a ampliação da pista de pouso e decolagem, segue de acordo com o cronograma e já está com 40% das obras prontas. A entrega deve acontecer em abril de 2021.

“O aeroporto de Foz do Iguaçu está preparado para ser um hub da América do Sul. Somado ainda ao investimento da Itaipu Binacional, que custeará a maior parte da obra de ampliação da pista, a cidade poderá dobrar o número de visitantes nos próximos anos, quando a pandemia passar, chegando aos 5 milhões por ano”, afirmou Chico Brasileiro.

“A prefeitura junto com o governo do Estado fez o projeto de modernização do aeroporto, a ampliação da pista que vai levar voo direto para o EUA e Europa”, destacou o governador.

Close