0 Shares 149 Views

Líder do movimento de apoio ao Gaeco é acusada de fraude contra a UEL

13 de outubro de 2015
149 Views

A Ouvidoria da Universidade Estadual de Londrina (UEL) recebeu denúncia e deve abrir processo administrativo contra a professora Vanerli Beloti, coordenadora do grupo Vai Gaeco, uma página no Facebook que apoia investigações contra crimes de colarinho branco no Paraná. Conhecida como Neli Beloti, ela esteve em Curitiba no último dia 12 de agosto para encontros com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, e o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Paulo Vasconcelos, mas mesmo assim teria registrado presença ao local trabalho, no Departamento de Veterinária da UEL. Os encontros foram registrados no Facebook e em páginas da internet de sindicatos de servidores públicos. A acusação, além de fraude, é de falsidade ideológica e a investigação deve atingir também os responsáveis pelo controle de frequência da UEL.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.