Escrito por 15:13 Curitiba, Gustavo Fruet

Fruet atrasa salários e Urbs entre em greve

O prefeito Gustavo Fruet (PDT) atrasou o pagamento dos salários e os 1,5 mil funcionários da Urbs entraram em greve nesta terça-feira, 26. A prefeitura de Curitiba, porém, afirma que o pagamento pode ser feito até o 5º dia útil de cada mês e, apenas, preferencialmente até o dia 25. A categoria alega que recebe nos dias 25 há cerca de 15 anos. As informações são de Elizangela Jubanski e Djalma Malaquias da rádio Banda B.

Para o presidente do Sindiurbano, Luiz Ceará, o atraso ficou constante no pagamento dos trabalhadores. “No dia 19 de janeiro, os trabalhadores decidiram que se a empresa atrasasse mais uma vez o salário e os nossos benefícios, que é 25 de cada mês, automaticamente, nós entraríamos em greve. Hoje só estamos referendando aquilo que já tínhamos definido”, disse.

Com a greve por tempo indeterminado, diversos setores da Urbs terão os serviços afetados, entre eles, fiscalização de agentes de trânsito, de estacionamento regularizados, emergenciais como queda de semáforos, fiscais do transporte coletivo e cartão transporte. “A expectativa é que a greve seja 100%”, finaliza o presidente.

Close