Escrito por 9:08 Destaques, Educação, Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu é destaque nacional em educação

O ensino municipal de Foz do Iguaçu está os seis melhores do país, conforme pesquisa divulgada na sexta-feira, 26, e chancelada pelos 28 tribunais de contas do Brasil. A classificação entre as cidades com mais de 150 mil moradores é resultado do estudo “Educação que faz a diferença” da Iede (Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional) em parceria com o Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB).

O estudo analisou a gestão de responsabilidade das prefeituras em 5.570 municípios brasileiros.”Foz do Iguaçu é destaque mais uma vez na educação, pela qualidade e investimento. Agradeço e parabenizo a Secretaria da Educação, a todos professores, diretores, supervisores, toda a equipe da educação, porque há uma dedicação extraordinária, São pessoas que trabalham com muita paixão e dedicação e fazem de Foz do Iguaçu uma referência em educação”, disse o prefeito Chico Brasileiro (PSD)..

O prefeito lembrou que a cidade já chegou a se destacar em cenário nacional. “Depois veio tudo isso que aconteceu com a cidade, afundaram a educação também. Hoje, nós ficamos felizes em ver resgatado todo esse processo de educação, com essa conquista de Foz do Iguaçu ser inserida como uma das seis cidades com destaque na educação”, disse.

Estudo – Para respaldar a pesquisa, técnicos dos 28 tribunais de contas visitaram 116 escolas de 69 redes de ensino de todos os estados e entrevistaram as equipes de educação, além de professores, coordenadores pedagógicos, diretores, alunos e pais ou responsáveis.

Ao todo, 118 redes de ensino municipais foram identificadas com bons resultados no ensino fundamental. Cada uma delas recebeu um selo de qualidade, de acordo com patamar em que se encontra: excelência, bom percurso ou destaque estadual. Foz do Iguaçu está entre as 22 cidades do Paraná a receber o selo na categoria “Bom Percurso”. É a única cidade do Paraná premiada com mais de 150 mil habitantes.

Foram analisados indicadores como aprendizado dos estudantes em língua portuguesa e matemática, segundo o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2017; Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) atual e evolução desde 2005; e taxas de aprovação, conforme o Censo Escolar.

O estudo traz também um mapeamento de boas práticas no ensino fundamental, principalmente no âmbito das secretarias de Educação, mostrando ações e práticas comuns que estão associadas a um bom desempenho dos estudantes.

(Visited 663 times, 1 visits today)
Close